Cervejaria rompe com Alok e justiça não concede liminar, diz colunista
Marcelo de Assis
Cervejaria rompe com Alok e justiça não concede liminar, diz colunista

O Grupo Petrópolis , proprietário da marca de cerveja Itaipava, entrou na justiça para encerrar de imediato o contrato de publicidade com o DJ Alok . Porém, de acordo com o colunista Leo Dias , o Tribunal de Justiça de São Paulo tomou a decisão de não conceder liminar de urgência ao grupo.

Ou seja, o processo seguirá com os trâmites legais e Alok, juntamente com o seu corpo jurídico, terão tempo hábil para apresentar suas defesas no Tribunal.

Pela visão do juiz responsável pelo caso, a defesa do DJ não poderia agir em caráter de urgência, pois o artista estava em atividade no camarote N1.

Ainda de acordo com o colunista, o contrato entre Alok e o Grupo Petrópolis é de R$ 20 milhões , com duração de 5 anos.

Metade deste montante financeiro já foi pago e a empresa está pedindo R$ 17 milhões ao artista pela rescisão contratual.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários