The Music Journal Brazil

undefined
Redação
Demi Lovato defende Taylor Swift de ataques: "Ela foi massacrada"

A cantora Demi Lovato concedeu uma entrevista à emissora norte-americana CNN e ao comentar sua posição política em um ano de eleições no seu país, chegou a citar Taylor Swift , de quem já foi desafeto, defendendo a artista.

Foto: Reuters

“Você está condenado se você se manifestar, você está condenado se você não se manifestar. Você pode listar Taylor Swift como um exemplo perfeito deste ditado” , disse Demi Lovato . “Por anos ela foi massacrada porque ela não estava se posicionando ou defendendo esses direitos e então ela decidiu tomar uma posição de responsabilidade e se tornou muito política, mas há pessoas que estão insatisfeitas com isso também” , explicou.

A posição política de Demi Lovato é clara, principalmente pelo seu último single Commander in Chief o qual ela critica com veemência o governo do atual presidente dos EUA, Donald Trump.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários