Pedra Sobre Pedra: Clássico chega ao Globoplay; veja quem já morreu

Clássico de 1992, Pedra sobre Pedra chegou ao Globoplay nesta semana. A novela escrita por Aguinaldo Silva conta a história de paixão e rivalidade entre as famílias Pontes e Batista. Ambientada na Chapada da Diamantina, interior da Bahia, Murilo Pontes (Lima Duarte) e Jerônimo Batista (Felipe Camargo) são apaixonados por Pilar (Cláudia Scher/Renata Sorrah). Veja quem do elenco já morreu:

Armando Bógus

Pedra sobre Pedra foi o último trabalho de Armando, que interpretou Cândido de Alegria. O ator morreu em 1993, vítima de leucemia, aos 63 anos.

Reprodução

Eva Wilma

Eva deu vida a Hilda Pontes e morreu em 2021, aos 87 anos, vítima de insuficiência respiratória ocasionada pela disseminação de um câncer pelo corpo.

Fernando Lopes

Eloísa Mafalda

Vítima de insuficiência respiratória, Eloísa interpretou Gioconda na novela. A atriz morreu aos 93 anos, em 2018.

Reprodução/TV Globo

Nelson Xavier

Nelson deu vida ao Delegado Queiróz e morreu aos 75 anos, em 2017, vítima de câncer no pulmão.

Divulgação/Globo

Miriam Pires

Miriam morreu aos 77 anos, em 2004, em decorrência a uma toxoplasmose no cérebro. A atriz interpretou Dona Quirina em Pedra Sobre Pedra.

Reprodução

Cecil Thiré

Cecil deu vida a Kleber Vilares, mas morreu em 2020, aos 77 anos, devido à doença de Parkinson.

Reprodução

Ênio Gonçalves

Morreu de perda renal, aos 75 anos, em 2013, e interpretou Diamantino em Pedra sobre Pedra.

Pedro Ribaneto

João Carlos Barroso

O ator interpretou Arquibaldo na novela e morreu em 2019, aos 69 anos, vítima de câncer no pâncreas.

Reprodução

Thelma Reston

Morreu em 2012, aos 75 anos, em decorrência de um câncer. Thelma interpretou Romena.

Reprodução

Antônio Pompêo

Antônio interpretou Padre Otoniel em Pedra sobre Pedra. O ator foi encontrado morto em seu apartamento em 2016, aos 62 anos. A causa da morte não foi divulgada.

Reprodução/Facebook

Geraldo Del Rey

Geraldo interpretou o pai de Pilar, protagonista da trama. Morreu em 1993, aos 62 anos, vítima de um câncer no pulmão.

Reprodução

Buza Ferraz

Alberto Paulo "Buza" Ferraz interpretou Benvindo Soares e morreu aos 59 anos, em 2010, após sofrer três paradas cardíacas.

Reprodução

Elias Gleizer

O ator fez uma participação especial na novela, que deu vida ao taxista da trama. Morreu em 2015, aos 81 anos, em decorrência de complicações que levaram à falência circulatória após uma broncopneumonia.

AgNews

Fique por dentro!

Siga a coluna nas redes sociais =)

Gabriel Perline