Juliette Freire
Globoplay/Reprodução
Juliette Freire

Logo após a conversa ao vivo com Tiago Leifert, na noite desta sexta-feira (30), Juliette, Gil, Camila de Lucas e Fiuk começaram a conversar sobre a vida do quarteto antes do 'BBB 21'. O papo entrou a madrugada deste sábado e quando o assunto entrou na questão religiosa, a advogada paraibana revelou que teve problemas no início de sua vida sexual, por querer seguir preceitos religiosos.

"Por muito tempo eu associei a sexualidade e a relação sexual, eu misturava com o conceito da moralidade cristã. A vida cristã tem um conceito de virtude que eu não concordo e isso me ocasionou graves problemas sexuais. Por exemplo: eu vim me masturbar adulta. Não tive uma transição de sexualidade, como é o normal na entrada de idade adulta. Eu me culpava o tempo inteiro. Tanto é que, para eu perder a virgindade de 20 para 21 anos de idade, mesmo em um relacionamento sério com uma pessoa, eu não conseguia. Tinha crise de pânico. Me sentia suja. Sentia que estava fazendo algo contra minha família e contra Deus. Eu não tinha uma relação sexual normal e não foram meus pais que me botaram isso. Eu lia a Bíblia e queria ser fiel ao que ela prega, mas eu não sabia separar as coisas. Eu perdi minha virgindade praticamente sem querer", revelou Juliette.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários