O Lollapalooza começa nesta sexta-feira (05) com um feito inédito: a primeira vez que o festival terá um nome brasileiro como headliner. Marcando história, Os Tribalistas, trio formado por Arnaldo Antunes, Carlinhos Brown e Marisa Monte, cantam seus principais sucessos no Palco Budweiser logo no primeiro dia de evento.

Tribalistas serão headliners no Lollapalooza
Divulgação
Tribalistas serão headliners no Lollapalooza

Mas Os Tribalistas não serão os únicos brasileiros no Lollapalooza . Dos 72 artistas confirmados, 32 são nacionais, ou seja, 44% do evento será nativo. O número é 33% mais expressivo do que a edição de 2018, na qual o festival teve 24 cantores brasileiros dentre as 72 atrações.

Leia também: Lollapalooza Brasil tem preços mais altos que festivais internacionais

Entre os destaques nacionais estão Rashid, Gabriel o Pensador, IZA, que performou em 2018 como convidada de Rincon Sapiência, e Liniker e os Caramelows, que em sua última apresentação enfrentou problemas técnicos no palco. A Banda Carne Doce, o cantor Silva e cantora Duda Beat também são muito aguardados pelos fãs.

Além de ter brasilidade em peso, o festival também é marcado por ter diversidade para dar e vender.  Considerada a edição mais LGBT de todos os tempos, o evento mescla artistas nacionais e internacionais que são representantes do arco-íris.Entre os destaques estão Sam Smith, Troye Sivan, Liniker e Luiza Lian.

Você viu?

  • Twitter no Lollapalooza 2019
Twitter fez alianças para produzir mais conteúdo sobre o Lollapalooza
Divulgação
Twitter fez alianças para produzir mais conteúdo sobre o Lollapalooza

Em uma tríplice aliança, o Twitter também não ficará de fora do festival. Junto do Popline e do Multishow , a rede social promete uma gama de conteúdo para que as pessoas possam acompanhar os três dias de festival onde, como e quando quiserem.

Entre as ações garantidas estão um bate-bola ou jogo rápido com famosos que estarão no evento. Além disso, os canais vão proporcionar interações com as atrações presentes. A ação do Twitter, assim como o festival, começa nesta sexta (05) e termina no domingo (08).

  • Voando para outro mundo
undefined
Divulgação

Livro americano chega às livrarias brasileiras

Às vésperas de chegar às livrarias, a divulgação do livro “Espírito Perdido” está a todo vapor. Em uma vibe George Orwell em “A Revolução dos Bichos”, o livro retrata o planeta Terra e um tempo remoto, no qual era habitado por homens das cavernas.

A personagem pricipal da trama é uma regugiada, que criada longe de sua tribo, vê criaturas divinas e míticas ganhando a melhor sobre os humanos comuns. Com uma ambientação distante da realidade, o livro pode ter sua atemporalidade. Marcado para chegar às prateleiras em 04 de maio, a obra foi escrita pelo americano P. J. Maia.

  • Leci Brandão fala sobre amizade com Alcione
Leci Brandão fala sobre Alcione
Divulgação / Rede TV!
Leci Brandão fala sobre Alcione

 Ainda falando de música, porém longe do fervor dos shows do Lollapalooza , Leci Brandão marca presença no “Ritmo Brasil”, programa da RedeTV! neste sábado (06). Durante a edição, a artista falará sobre a relação com Alcione, dificuldades financeiras, carreira e carnaval.

“Fiz um financiamento para ter um apartamento em 1970 e fiquei meio 'sem eira nem beira' e precisava cessar a dívida. Ela soube dessa questão e fez com que eu não entregasse a chave do apartamento. Faço questão de relatar isso, é uma amizade muito grande”, disse ela sobre o relacionamento com Alcione, também conhecida como Marrom.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários