Tamanho do texto

Das 72 atrações confirmadas, 32 são brasileiras; coluna Bastidores também aborda entrevista de Leci Brandão, lançamento de "Espírito Perdido" e mais

O Lollapalooza começa nesta sexta-feira (05) com um feito inédito: a primeira vez que o festival terá um nome brasileiro como headliner. Marcando história, Os Tribalistas, trio formado por Arnaldo Antunes, Carlinhos Brown e Marisa Monte, cantam seus principais sucessos no Palco Budweiser logo no primeiro dia de evento.

Carlinhos Brown, Marisa Monte e Arnaldo Antunes
Divulgação
Tribalistas serão headliners no Lollapalooza

Mas Os Tribalistas não serão os únicos brasileiros no Lollapalooza . Dos 72 artistas confirmados, 32 são nacionais, ou seja, 44% do evento será nativo. O número é 33% mais expressivo do que a edição de 2018, na qual o festival teve 24 cantores brasileiros dentre as 72 atrações.

Leia também: Lollapalooza Brasil tem preços mais altos que festivais internacionais

Entre os destaques nacionais estão Rashid, Gabriel o Pensador, IZA, que performou em 2018 como convidada de Rincon Sapiência, e Liniker e os Caramelows, que em sua última apresentação enfrentou problemas técnicos no palco. A Banda Carne Doce, o cantor Silva e cantora Duda Beat também são muito aguardados pelos fãs.

Além de ter brasilidade em peso, o festival também é marcado por ter diversidade para dar e vender.  Considerada a edição mais LGBT de todos os tempos, o evento mescla artistas nacionais e internacionais que são representantes do arco-íris.Entre os destaques estão Sam Smith, Troye Sivan, Liniker e Luiza Lian.

  • Twitter no Lollapalooza 2019
Liniker e os Caramelows reunidos
Divulgação
Twitter fez alianças para produzir mais conteúdo sobre o Lollapalooza

Em uma tríplice aliança, o Twitter também não ficará de fora do festival. Junto do Popline e do Multishow , a rede social promete uma gama de conteúdo para que as pessoas possam acompanhar os três dias de festival onde, como e quando quiserem.

Entre as ações garantidas estão um bate-bola ou jogo rápido com famosos que estarão no evento. Além disso, os canais vão proporcionar interações com as atrações presentes. A ação do Twitter, assim como o festival, começa nesta sexta (05) e termina no domingo (08).

  • Voando para outro mundo
undefined
Divulgação
Livro americano chega às livrarias brasileiras

Às vésperas de chegar às livrarias, a divulgação do livro “Espírito Perdido” está a todo vapor. Em uma vibe George Orwell em “A Revolução dos Bichos”, o livro retrata o planeta Terra e um tempo remoto, no qual era habitado por homens das cavernas.

A personagem pricipal da trama é uma regugiada, que criada longe de sua tribo, vê criaturas divinas e míticas ganhando a melhor sobre os humanos comuns. Com uma ambientação distante da realidade, o livro pode ter sua atemporalidade. Marcado para chegar às prateleiras em 04 de maio, a obra foi escrita pelo americano P. J. Maia.

  • Leci Brandão fala sobre amizade com Alcione
Leci Brandão na RedeTV
Divulgação / Rede TV!
Leci Brandão fala sobre Alcione

 Ainda falando de música, porém longe do fervor dos shows do Lollapalooza , Leci Brandão marca presença no “Ritmo Brasil”, programa da RedeTV! neste sábado (06). Durante a edição, a artista falará sobre a relação com Alcione, dificuldades financeiras, carreira e carnaval.

“Fiz um financiamento para ter um apartamento em 1970 e fiquei meio 'sem eira nem beira' e precisava cessar a dívida. Ela soube dessa questão e fez com que eu não entregasse a chave do apartamento. Faço questão de relatar isso, é uma amizade muito grande”, disse ela sobre o relacionamento com Alcione, também conhecida como Marrom.