Tamanho do texto

Alê Peruzzo e a vida pós-reality show, cinema nacional, artistas em debate e reality show de cerveja são destaques da coluna Bastidores

Participante da segunda edição do " Batalha dos Confeiteiros ", da  Record , a chef  Alê Peruzzo  foi muito significativa para o reality. Com a paixão pela gastronomia surgido na infância e a admiração por Buddy Valastro ("Cake Boss"), o caminho trilhado dentro da confeitaria também a levou ao preparo de sobremesas para artistas como Justin Bieber e Ozzy Osbourne, criando um bolo com o formato de morcego para o cantor.  

Leia também: Por que a Record não consegue alcançar a Globo?

Chef Alê Peruzzo, participante do Batalha dos Confeiteiros, na Record
Paulo Lima
Chef Alê Peruzzo, participante do Batalha dos Confeiteiros, na Record

Leia também: "Jesus" tem erros e acertos e pode crescer nas próximas semanas

Pós graduada em confeitaria pela Le Cordon Bleu Paris, a vontade de participar do reality na Record  veio após conhecer mais sobre o trabalho de Buddy, e também por indicação de pessoas que visitavam a sua loja, aberta em 2015, com produção de bolos de pasta americana. 

Buddy também a inspirou a trocar a faculdade de hotelaria para cursar o que realmente gostava, ganhando pontos com chef norte-americano ao apresentar uma receita que ele adorou e que vende atualmente em sua confeitaria. 

"Mudei de curso e comecei a cursar gastronomia por causa do Buddy. Meu pai e minha mãe foram na loja dele, trouxeram um monte de coisas porque sabiam que eu era viciada. Quando eu o conheci durante o programa eu não parava de chorar, foi uma emoção muito grande", revela.  [continua]

Música underground é destaque na TV a cabo

Liniker Barros
Leila Penteado
Liniker Barros

Um debate entre artistas sobre suas experiências ganha destaque no canal Curta!.  Grandes nomes da música nacional como Arnaldo Antunes, Antonio Cicero, Mariana Lima, Mariana Aydar e Liniker estão confirmados para a atração, que foi batizada de “Palavras Permanecem”, e que está prevista para estrar na quinta-feira (16),  às 23h.

Em cada um dos seis episódios, uma dupla de artistas brasileiros se encontra e conversa sobre seus processos criativos. O resultado é um retrato da intimidade desses artistas, com direito a uma performance inédita e exclusiva ao fim. No programa de estreia, a cantora Ná Ozzetti e o compositor e escritor José Miguel Wisnik revelam como mantêm o brilho nos olhos quando se encontram, mesmo tendo uma parceria que já dura mais de 30 anos.

O Masterchef dos cervejeiros

Titi Muller está responsável por apresentar o reality show de cervejeiros, que está previsto para estrear no Multishow
Divulgação
Titi Muller está responsável por apresentar o reality show de cervejeiros, que está previsto para estrear no Multishow

Já o Multishow  reserva mais um temporada do nada convencional reality show de cervejeiros. A segunda temporada do “Eisenbahn Mestre Cervejeiro” irá eleger o melhor cervejeiro caseiro do país, em uma competição para lá de acirrada. Criado e desenvolvido pela Endemol Shine Brasil, o programa será apresentado por Titi Müller e contará com oito episódios.

Com estreia marcada para domingo (26), a atração será exibida todo domingo pelo canal, às 22h45 e ganhará uma versão pocket de cinco minutos na TV Globo durante as madrugadas dos sábados.

Os clássicos não morreram!

John Travolta e Olivia Newton-john
Reprodução
John Travolta e Olivia Newton-john

Na última terça-feira (28) de agosto, dança e música invadem as telas da Rede Cinemark com o filme “Grease – Nos Tempos da Brilhantina” (1978). O longa, estrelado por John Travolta e Olivia Newton-John, abre a programação em 32 complexos da Rede.

A temporada de clássicos do segundo semestre também contará com “Por Um Punhado de Dólares” (1964), em setembro; “O Rei Leão” (1994), em outubro; “O Bebê de Rosemary” (1968), em novembro; e “Um Corpo que Cai” (1958), em dezembro. Os filmes, que agradam o mais variado público e trazem a sensação de nostalgia às salas de cinema, entram na programação da Cinemark sempre na última terça-feira do mês.

Humanizado, cinema baiano se arrisca em SP

Filme baiano,
Divulgação
Filme baiano, "Café com Canela", se arrisca no cenário cinematográfico de SP

 Já no cenário da sétima arte, as novidades não param! Um dos mais festejados longas-metragens do cinema baiano, “Café com Canela”, tem pré-estreia em São Paulo na segunda-feira (20), às 21h, no Cinearte Petrobras, onde seguirá em cartaz.

Com direção de Glenda Nicácio e Ary Rosa, a obra retrata a trajetória de mulheres que se conectam. Margarida (Valdinéia Soriano), por exemplo, vive em São Félix, no Recôncavo Baiano, isolada pela dor da perda do filho. Já Violeta (Aline Brunne) segue a vida em Cachoeira, entre adversidades do dia a dia e traumas do passado. Quando Violeta reencontra Margarida, inicia-se um processo de transformação, marcado por visitas, faxinas e cafés com canela, capazes de despertar novos amigos e antigos amores.

Depois da Record

Segunda edição do
Reprodução/Instagram
Segunda edição do "Batalha dos Confeiteiros", na RecordTV

Alê Peruzzo também relembra que participar do programa sempre foi uma curiosidade, mesmo sendo uma pessoa tímida. "Foi uma loucura participar, você ter essa chance de mostrar o seu trabalho. Foram alguns meses de teste para a pré-seleção, mas eu me dedicava ao máximo", conta. 

Leia também: A Record não aprendeu nada com “A Casa”?

Após a participação no reality na Record , o plano futuro é continuar investindo na sua confeitaria, localizada na Avenida Paulista: "(...) Já fui várias coisas, desde chefe confeiteira em hotel cinco estrelas como, cozinheira, mas não tinha a liberdade que hoje eu tenho na minha confeitaria. Eu pretendo mudar para uma loja de rua, ter um espaço maior para poder dar cursos e também poder receber clientes com os seus animais de estimação", completa. 

    Leia tudo sobre: músicas