Tamanho do texto

A atriz de "A Lei do Amor", Maria Flor, postou um clique sensual do fotógrafo Jorge Bispo no seu Instagram para comemorar o aniversário dele

Em celebração ao aniversário do seu amigo e fotógrafo Jorge Bispo , a atriz Maria Flor postou uma foto sensual no seu perfil do Instagram clicada pelo artista nesta sexta-feira (09). A imagem faz parte de um ensaio que os dois fizeram juntos ainda este ano, nas ruas da Lapa, no Rio de Janeiro. As fotografias foram veiculadas na Revista 3 , um veículo voltado para a publicação de conteúdo erótico.

Maria Flor postou foto sensual no Instagram em homenagem à Jorge Bispo
Reprodução/Instagram
Maria Flor postou foto sensual no Instagram em homenagem à Jorge Bispo


Leia mais:  Maria Flor e Sabrina Sato fazem fotos e gravam na praia

“Quem fez essa foto foi o aniversariante do dia. Eu colocaria uma foto dele, mas postei outro dia a capa da revista que ele saiu, então, para ele não ficar metido, resolvi postar uma minha que ele tirou”, escreveu Maria Flor na legenda da fotografia. A imagem que integra o lançamento da publicação de Jorge Bispo já recebeu mais de mil likes no perfil da atriz.

Leia mais:  Maria Flor volta às novelas em 2013: "Estou com saudade do público"

Atualmente em “A Lei do Amor”, novela da Rede Globo, a atriz interpreta Flávia Amaral, mais conhecida como Flavinha. A artista também estrelou este ano no filme que foi indicado para representar o Brasil no Oscar 2017, “Pequeno Segredo”, como a amazonense Jeanne.

Leia mais:  "Pequeno Segredo" faturou quase R$ 1 milhão em semana de estreia

O ensaio sensual de Maria Flor

Clicado para o lançamento da Revista 3 , Jorge Bispo registrou Maria Flor em diversos ambientes da Lapa, como as ruelas escuras do bairro e o icônico Buraco da Lacraia. Com poucas roupas ou completamente nua, a atriz mostrou o seu corpo sem tabus para ilustrar a edição da revista do amigo. Maria Ribeiro, sua amiga, também participou da edição, escrevendo um texto em sua homenagem no veículo: “Flor, eu podia falar da nossa amizade. Podia também contar que já tive muito ciúmes de você - par romântico oficial do Caio [Castro] por anos e anos - e podia descrever o privilégio que é dividir essa vida loka com a tua doçura. Mas agora não vai dar. Você incluiu peito e bunda na configuração boca, zoio preto e cachos e infelizmente eu não sou mais capaz de juntar sujeito com predicado diante desse ensaio, de modo que não vou poder escrever porque acabei de me apaixonar. Desculpa aí”.