Tamanho do texto

Juliana Silveira se despediu recentemente da novela da Record "Terra Prometida" e está com novos projetos por vir na emissora

Juliana Silveira possui uma carreira inusitada. Tudo começou quando estava em 1993 na plateia do "Clube da Criança", da extinta Manchete, quando foi abordada por produtores do programa que a convidaram para realizar um teste de assistente de palco. Ela então se tornou uma “Angeliquete” e decolou aos 13 anos no mundo televisivo, passando por programas de auditório como também por novelas , como “Laços de Família” (2000) e "Malhação", entre 2002 e 2004 na pele de Julia.

Leia mais:  A TV do padrão Globo já não existe mais, diz Juliana Silveira

Juliana Silveira como Floribella, em 2005, e recentemente em 'A Terra Prometida'
Divulgação e Munir Chatak/Record
Juliana Silveira como Floribella, em 2005, e recentemente em 'A Terra Prometida'


"Sempre fui muito moleca. Quando eu tinha 21 anos fazendo 'Malhação', eu tinha cara de 15. Agora, com 36 anos ainda pareço mais nova”, comenta Juliana Silveira, relembrando seus primeiros trabalhos.  “Eu estou começando a gostar disso, porque aos 20 ficava indignada! Queria ter corpo, usar um vestido, mas era muito menininha. Demorei muito para descobrir batom vermelho e  saia. Eu era muito próxima do meu irmão mais velho, então usava muito tênis, calça jeans e brincadeira na rua”, completa.

Na época, a atriz interpretava uma menina bem-comportada, estudiosa que se relaciona com um jovem esportista e aventureiro, Pedro Rodrigues, interpretado por Henri Castelli . A atuação rendeu a ela o prêmio de melhor atriz pelo Capricho Awards em 2002, dado pela revista adolescente homônima.

Juliana Silveira também passou por outros programas icônicos da televisão, como a novela da Band “Floribella”, em 2005, fazendo o papel principal. O protagonismo, por sua vez, continuou para atriz anos mais tarde, quando ela incorporou Carolina Monteiro Azevedo de Castro, a Carol na novela da Record “Chamas da Vida” (2008) e, depois, a Isabel Vilela em “Balacobaco” (2012).

Leia mais:  Grazi Massafera e Juliana Silveira aproveitam férias em Punta Cana

Juliana Silveira em 'A Terra Prometida'
Munir Chatack/Record
Juliana Silveira em 'A Terra Prometida'

Agora, a atriz encerrou sua participação na novela bíblica “A Terra Prometida”, que substituiu a segunda temporada de “Os Dez Mandamentos” na Record. "Saí no capítulo 70 e ficou um gostinho de quero mais. Não consegui ficar cansada nem da novela nem da história, mas não tenho saudade nenhuma da cobra. Lidei com ela por puro amor à tarde, ao trabalho”, desabafou.

Projetos futuros

Para 2017, o futuro de Juliana Silveira ainda está incerto. “Não estou escalada para as próximas novelas, provavelmente farei ‘O Apocalipse’ ou a (novela) do [Carlos] Lombardi, no segundo semestre”, revela. "Apocalipse" está programada para ir ao ar em outubro de 2017 e também trará temas bíblicos em um cenário com muitos efeitos especiais de tragédias do fim do mundo.

Leia mais:  "Deve ter esquecido da novela", diz atriz da Record sobre jejum de Edir Macedo

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.