Tamanho do texto

Depois de ver a morte de perto, Ana Hickmann faz balanço de 2016, fala sobre sua carreira na TV e revela planos para o ano que vem

O ano de 2016 foi bem difícil para Ana Hickmann. No fim de maio, a apresentadora do " Hoje em dia " sofreu um atentado em Belo Horizonte, em Minas Gerais, quando um fã invadiu o quarto do hotel em que ela estava hospedada com a família, e tentou atirar em sua direção. Depois de ver a morte de perto, ela conta que 2016 foi um ano em que se redescobriu e quer experimentar novidades e ousar. 

Leia mais: Ana Hickmann após atentado: "Preciso colocar minha cabeça no lugar"

Ana Hickmann
Reprodução/Instagram
Ana Hickmann


"Em 2017 quero ter novos desafios, coisas novas e difíceis. Vou abrir três lojas esse ano e mais dez até o fim do ano que vem", anuncia. No comando do " Hoje Em Dia ", da Record,   Ana Hickmann quer continuar por lá e levar novidades ao público. "Somos uma turma, família mesmo. É difícil levar isso por mais de um ano, afinal, são tantas coisas que acontecem. Mas conseguimos", diz ela, que divide o palco com César Filho, Ticiane Pinheiro e Renata Alves .

Leia mais: Ana Hickmann: "Não tenho mais medo de deixar as pessoas me verem chorar"

Depois de experimentar um pouco de cada coisa dentro da televisão, a apresentadora conta que sua vontade é de permanecer na atração.  "Quero fazer o 'Hoje em Dia' voltar à liderança. Se a gente consegue ser vice-lider, quero agora o primeiro lugar. Não sei se vou ficar lá para sempre, mas o programa é eterno, ele tem a flexibilidade de ter outros apresentadores, por isso desejo aproveitar esse tempo".

Filhos

Casada com o empresário Alexandre Corrêa há quase 19 anos, a apresentadora tentou engravidar por algum tempo, até que em 2013 fez uma fertilização in vitro e no ano seguinte deu à luz seu primeiro filho, Alexandre Júnior , de 1 ano e 8 meses. Questionada sobre uma segunda gravidez, Ana não escondeu o desejo. "A gente quer, sim, mas não para 2017. No final de 2017 a gente abre a porteira, deixa mais solto".

O ano de 2016 foi um tanto quanto complicado para Ana Hickmann, que sofreu um atentado em um hotel, em  Minas
Reprodução/Instagram
O ano de 2016 foi um tanto quanto complicado para Ana Hickmann, que sofreu um atentado em um hotel, em Minas



Fim de ano

Leia mais:  Polícia conclui investigações sobre atentado contra Ana Hickmann

Já os planos para o fim de ano não são muitos. Ana Hickmann pretende passar o Natal em São Paulo, já que trabalha até o dia 23 de dezembro, e o ano novo será na praia. "Vou curtir o carnaval em casa, não vou para a avenida desfilando. Tomamos essa decisão no fim do carnaval deste ano porque sabia que não ia conseguir me dedicar. Mas tem duas escolas que vou torcer: Em São Paulo, a Vai Vai e, no Rio, a Grande Rio", anuncia.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.