Tamanho do texto

Brendan Dassey, que agora possui 27 anos, havia tido liberdade decretada ainda esta semana mas, com o bloqueio da decisão, permanecerá na prisão

O caso de Brendan Dassey tornou-se internacionalmente famoso depois de virar uma aclamada série da Netflix , "Making A Murderer".  Condenado à prisão perpétua pela morte de uma fotógrafa de 25 anos, Teresa Halbach, o Dasey teve a liberdade decretada  enquanto aguardavam sua apelação no início da semana. Entretanto, uma reviravolta em sua história aconteceu e Tribunal Federal dos Estados Unidos concedeu uma ação de emergência apresentada pelo procurador-geral Brad Schimel para manter o mandato de prisão.

Brendan Dassey, personagem de Making a Murderer teve liberdade revogada
Reprodução
Brendan Dassey, personagem de Making a Murderer teve liberdade revogada



Os advogados de Dassey, que tem um pouco de sua história contada na série Making A Murderer , argumentam que a decisão deve ser baseada de acordo com a constatação de um dos juízes do tribunal que afirmava ter “dúvidas significativas” sobre a confiabilidade da confissão que o acusado deu em 2006. Segundo o The Sun , a dúvida surgiu do juiz William Duffin, que imaginou que os policiais tivessem feito falsas promessas a Dassey, que tem uma pontuação de QI equivalente a apenas 70. Entretanto, o argumento foi contestado,  sob a alegação de que a libertação do jovem envolveria uma “séria questão de segurança pública” e por isso ele permanecerá na prisão.

Leia mais:  Personagem de "Making a Murderer" será libertado da prisão

Apoio da família

A família de Brendan Dassey, que atualmente tem 27 anos, já havia comemorado a soltura do jovem na mídia. De acordo com o Channel 3000 , seu irmão, Brad, havia comemorado a notícia. “Meu irmão está um passo mais próximo para a liberdade que ele merece! Apesar do que as pessoas dizem, eu amo e me preocupo com o meu irmão, Brendan. Sempre foi assim e sempre será assim”, disse.

Leia mais:  Documentário da Netflix conta história de estudante acusada de assassinato

O documentário

A Netflix lançou no final do ano passado a série “Making A Murderer”, que traz à tona toda a história de Steven Avery e de Dassey. Depois de passar 18 anos na prisão acusado de cometer agressão sexual e tentativa de assassinato, foi libertado após um exame de DNA provar que ele era inocente.

Entretanto, logo depois, outro caso vem a tona, o da fotógrafa e jornalista Teresa Halbach. A série conta toda a trama das investigações, prisões e a confissão – verdadeira ou não - do seu sobrinho, Brendan Dassey.   A produtora anunciou uma nova temporada da série, mas ainda não há muitas informações sobre a sequência.

Leia mais:  Diretoras de "Making a Murderer" cogitam nova temporada da série

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.