Tamanho do texto

Cantora usa canal no YouTube para falar sobre relação com o filho transgênero Thammy Miranda: "Ela não fica chateada coisa nenhuma"

Gretchen está morando fora do Brasil desde o final do reality "Power Couple Brasil", em junho de 2016. Mas para continuar bem próxima aos fãs, a cantora criou um canal no YouTube onde atualiza os seguidores sobre sua vida em Paris e até fala sobre questões da vida pessoal. No vídeo mais recente, a Rainha do Bumbum resolveu contar um pouco mais sobre sua relação com o filho transgênero Thammy Miranda.

LEIA MAIS: Emocionada, Gretchen revela que abandonou filho há 30 anos: "Pai tirou de mim"

Gretchen confessa que não trata Thammy Miranda como homem:
Reprodução/Twitter
Gretchen confessa que não trata Thammy Miranda como homem: "Não adianta forçar"


No vídeo, Gretchen revela que ainda não consegue tratar Thammy Miranda no masculino, nem se referir à ele como um homem. "Muita gente fica me julgando, dizendo: 'Como você chama ele de ela?'. Vou explicar para vocês não ficarem falando besteira: a mudança de Thammy na nossa família foi uma mudança gradual, sendo uma mudança gradual, vai com o tempo. Às vezes, eu consigo chamar ela de ele, ele de ela... Mas é uma coisa que tem que acontecer de dentro para fora, não adianta você forçar uma situação", desabafou.

LEIA MAIS: "Os homens da casa", diz Gretchen em foto do marido com Thammy Miranda

Apesar disso, a cantora afirmou que o filho não faz nenhum tipo de cobrança para que ela o trate no gênero masculino. "O fato é que ela não me cobra nada disso e nem exige e nem fica chateada, como vocês disseram. Ela não fica chateada coisa nenhuma. Como eu sempre respeitei o tempo dela, entendi o tempo dela, ela também está respeitando o meu tempo de conseguir fazer essa transição de conseguir chamar ela de ele", disse.


A eterna Rainha do Bumbum contou também que a questão ainda não está esclarecida entre toda a família. "O Serginho [de 25 anos] já consegue chamar ela de ele. Mas as minha filhas [Giulia, de 13, e Valentina, de 6] não conseguem. É muito difícil para mim, que sou mãe, e tenho muitos filhos, de poder fazer uma mudança radical, inclusive na cabeça das meninas", ressalta.

Para rebater as críticas, a cantora ainda fez questão de mandar um recado: "Não adianta vocês exigirem e cobrarem nada de mim de uma coisa que só eu sei o momento certo de fazer, ok? Não adianta me recriminar. Cada um que cuida da sua vida e do seu modo de agir dentro da sua casa. Dentro da nossa família, nós respeitamos a mudança dele, mas todos nós temos o nosso tempo certo de decidir quanto e como vamos chamar ela de ele".

LEIA MAIS: Gretchen fala sobre desemprego e garante: "Não estou passando necessidade"

"Nós somos uma família blindada"

Além das críticas, Gretchen revela que sofre com muitas ofensas a respeito do filho transgênero, mas nada disso abala a cantora e sua família. "Quanto às ofensas, não adianta querer nos ofender, falando dele, dela, de mim. Isso não nos abala. Nós somos uma família blindada. Chegamos num ponto em que essas coisas não nos atingem mais. Não demos o mínimo de importância. Muitas vezes nem lemos, ignoramos", declarou.

❤️❤️❤️

Uma foto publicada por Thammy Miranda (@thammymiranda) em



    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.