Tamanho do texto

A rapper Karol Conka é capa de revista de luxo ao lado de Emicida e de Taís Araújo. A cantora já tem uma carreira de sucesso com apenas 29 anos

A curitibana Karoline dos Santos de Oliveira, mais conhecida como Karol Conka, se tornou uma grande referência no rap brasileiro nos últimos anos. Seu primeiro single foi “Boa Noite”, em 2011, mas a rapper estourou mesmo com a chegada de “Tombei”, em 2014, cujo videoclipe tem mais de 5 milhões de visualizações no YouTube. Agora, na edição especial de 10 anos da revista "Joyce Pascowitch", a cantora fez o papel de garota de capa, ao lado de Taís Araújo e do rapper Emicida.  

Leia mais:  Karol Conká arrasa no São Paulo Fashion Week e fala sobre representatividade

Os rappers Karol Conka e Emicida ao lado da atriz Taís Araújo na capa da edição comemorativa da revista Joyce Pascowitch
Divulgação/Mauricio Nahas
Os rappers Karol Conka e Emicida ao lado da atriz Taís Araújo na capa da edição comemorativa da revista Joyce Pascowitch

Karol Conka é referência por abordar em suas músicas o empoderamento das mulheres e, principalmente, das mulheres negras. Durante a abertura dos Jogos Olímpicos Rio 2016 , a cantora, ao lado da jovem de 12 anos MC Soffia , se apresentou com música inédita composta pelas duas, chamada “Toquem os Tambores”. O single fala justamente sobre a força das mulheres, além de proclamar palavras contra o racismo.

Leia mais:  Karol Conka abala tudo e se inspira em divas pop no novo clipe "É O Poder"; veja

Com o cabelo pintado de rosa e roupas que formam um estilo único, Karol Conka foi uma adolescente cheia de influências "tombadoras", como Destiny’s Child, Lauryn Hill , Erykah Badu, Missy Elliott e Elis Regina .  “O que mais me atraía era como se vestiam e o jeito poderoso que se apresentavam. Parecia que os homens tinham medo delas", afirmou a cantora à publicação.

Ainda que a música fosse sua paixão, a rapper não era motivada para seguir essa carreira. “Todos falavam que eu era boba, que minha vontade de cantar era coisa de criança. Me perguntavam: ‘Você já está com filho e ainda está falando que quer ser artista?’, como se isso fosse o fim do mundo. E eu sempre tive certeza de que iria provar que eles estavam errados”, conta.


Karol Conka é garota de capa da revista Joyce Pascowitch
Divulgação/Mauricio Nahas
Karol Conka é garota de capa da revista Joyce Pascowitch

E Karol provou. Seu sucesso na música foi tanto que a rapper realizou turnês internacionais na Europa e, atualmente, é uma das artistas que concorrem ao prêmio de melhor artista brasileiro da Europe Music Awards 2016 (EMA), premiação que acontecerá na noite do dia 6 de novembro em Rotterdam, na Alemanha. Seu futuro ainda é incerto, mas ela deixa o seu recado: “me sinto na obrigação de levantar bandeiras como o feminismo e a igualdade racial porque a gente não costuma ver muitos artistas comprando essa ideia. Acredito que faço isso de um jeito mais leve e mais fácil de digerir”.

Leia mais:  Beyoncé, Justin Bieber e Rihanna lideram indicações no MTV EMA 2016

 Confira a última parceria de Karol Conka com MC Carol:


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.