Tamanho do texto

Resultado divulgado pela Globo no paredão de terça-feira (1) foi matematicamente impossível, totalizando 101% de votos

Mais uma polêmica assombra os bastidores do "Big Brother Brasil". No paredão de terça-feira (1), que resultou na eliminação de Tamiel , um resultado matematicamente impossível tem despertado a curiosidade – e a ira – do público fiel ao reality.

Novo erro em votação do BBB põe em xeque credibilidade do programa
Reprodução/TV Globo
Novo erro em votação do BBB põe em xeque credibilidade do programa


Segundo os números divulgados pela Rede Globo no momento da eliminação, a soma dos votos computados nas regiões Nordeste e Sudeste totalizam 101%, algo simplesmente impossível de acontecer. O erro não passou despercebido pelos internautas, que agora ganharam mais um motivo para questionar a credibilidade do programa e seu sistema de votação

Nas redes sociais, o público levanta a possibilidade dos resultados terem sido inseridos de forma aleatória, uma vez que tal erro não aconteceria em um sistema informatizado. No entanto, o arredondamento dos votos parciais (37 + 6 + 58 no Sudeste e 35 + 6 + 60 no Nordeste) parece ser a causa mais provável do resultado grotesco. 

Em nota enviada ao iG , a Globo informa que "as porcentagens exibidas no programa de ontem foram arredondadas apenas para melhor visualização na tabela. Com as casas decimais, a votação na região Nordeste ficou em 34,5% para Ana Paula; 5,7% para Muniky e 59,8% para Tamiel. Na região Sudeste, os números foram: 36,5% para Ana Paula; 5,7% para Muniky e 57,8% para Tamiel. Na página do Gshow há o resultado completo com as casas decimais".


Acompanhe a repercussão:



    Leia tudo sobre: BBB
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.