Tamanho do texto

O escritor e roteirista estava trabalhando em uma nova série da TV Globo ao lado de sua esposa, a também escritora Adriana Lunardi

O escritor e roteirista Max Mallmann morreu nesta sexta-feira, aos 48 anos, no Rio de Janeiro, vítima de um câncer. Nascido em Porto Alegre, o gaúcho fez parte de equipes de redatores da Globo, participando das novelas “Coração de estudante” e "Malhação" e das séries “Carga Pesada” e “A Grande Família”. 

Leia mais: Dia de Finados: Relembre as mortes no mundo dos famosos em 2016

O escritor Max Mallmann faceleceu aos 48 anos
Reprodução
O escritor Max Mallmann faceleceu aos 48 anos



Além do trabalho na TV, o escritor publicou alguns livros. Os destaques são “Síndrome de Quimera”, finalista do prêmio Jabuti, e “Zigurate – Uma Fábula Babélica”, além da série “O Centésimo em Roma”, todos pela editora Rocco.

Leia mais: Globo exibe afogamento em "Velho Chico" no dia da morte de ator e é criticada

Sua mais recente obra foi “As Mil Mortes de César”, lançada em 2014, que acompanha a saga do anti-herói Publius Desiderius Dolens na Roma Antiga. 

Nos últimos meses, o escritor trabalhava no roteiro de uma nova série da Rede Globo, “Ilha de Ferro”, com a sua esposa Adriana Lunardi.

Leia mais: Fernanda Gentil deixou de lado o álcool para entrar na Globo

O corpo de Max Mallmann será cremado no Rio de Janeiro e as cinzas serão transportadas para Porto Alegre, onde será feita uma última cerimônia em homenagem ao escritor.