Tamanho do texto

Jon Voight repudiou o ator: "As palavras de Donald Trump não eram tão prejudiciais como as do discurso feio de Robert De Niro", escreveu

Parece que Robert De Niro não vai sair da mídia tão cedo. Depois de publicar um vídeo xingando o candidato à presidência dos Estados Unidos, Donald Trump, e dizer que gostaria de "socá-lo no rosto", o ator recebeu duras crítias do pai de Angelia Jolie, Jon Voight.

Leia mais: Robert De Niro detona Donald Trump: "Eu gostaria de socá-lo no rosto"

Pai de Angelina Jolie, Jon Voight se diz envergonhado por discurso de Robert De Niro contra Donald Trump
Reprodução
Pai de Angelina Jolie, Jon Voight se diz envergonhado por discurso de Robert De Niro contra Donald Trump


Em sua conta no Twitter, Jon mostrou que está bem envergonhado do discurto de Robert. "Estou envergonhado do meu colega Robert De Niro pelo rompante de raiva disparado contra um candidato à presidência", disparou ele, que ainda continuou. "As palavras de Donald Trump não foram tão prejudiciais como as do discurso feio de Robert De Niro".

Leia mais: Donald Trump contrai aids no novo filme do criador de "Borat"


"Imagina se um republicado falasse as mesmas palavras de Robert De Niro para Hilary Clinton ou Barack Obama? Seria um inferno", completou. 


Leia mais: Angelina Jolie consegue guarda temporária dos seis filhos

Além de repudiar o colega de profissão e mostrar toda sua indignação, o pai de Angelina Jolie ainda mostrou apoio ao candidado à presidência dos Estados Unidos. "Que Deus possa dar-lhe a força para continuar sua vocação".