Tamanho do texto

Larissa Manoela está curtindo viagem aos Estados Unidos junto com o namorado João Guilherme, mas passeio não é afetado pelo furacão Matthew

Larissa Manoela está aproveitando os dias de folga para viajar até os Estados Unidos. A atriz desembarcou recentemente na Flórida para aproveitar os parques da Disney. Em seu perfil no Instagram, a adolescente de 15 anos fez questão de tranquilizar os fãs em relação ao furacão Matthew, que chegou ao país nesta sexta-feira (7) após deixar mais de 300 mortos no Caribe.

Larissa Manoela e João Guilherme comemoram um ano de namoro

Na Flórida, Larissa Manoela tranquiliza fãs sobre furacão:
Reprodução/Instagram
Na Flórida, Larissa Manoela tranquiliza fãs sobre furacão: "Estamos bem"


“Estou com a Simone e o André. A gente está aqui para tranquilizar todos vocês e dizer que estamos em casa. Hoje foi dia de sair um pouquinho para fazer compras mas a gente está bem, chegamos super bem. A gente só tem a agradecer pela preocupação e dizer que estamos super bem. Obrigada pela preocupação”, disse Larissa Manoela em um vídeo publicado por ela nas redes sociais. 

João Guilherme , namorado da atriz , está acompanhando a amada no passeio. O casal embarcou na última terça-feira (4) junto com os pais de Larissa. "É um descanso merecido", brincou o ator. 


O furacão Matthew

O furacão Matthew chegou na manhã de desta sexta-feira à costa da Flórida, com ventos de até 210 quilômetros por hora. Os ventos atingiram transformadores de energia elétrica, deixando 225 mil pessoas sem eletricidade. As autoridades estão divulgando sucessivos avisos para que as pessoas saiam das áreas de risco e procurem imediatamente abrigo.

Apesar de, nas últimas horas, os meteorologistas terem reduziram o seu potencial destruidor - que deixou de ser categoria 4 e passou a ser categoria 3 -, o furacão continua a ser um sério risco para a população dos estados da Flórida, da Geórgia, da Carolina do Sul e da Carolina do Norte, principalmente porque vem associado com tempestades.

Mortes no Haiti

Antes de chegar aos Estados Unidos, o furacão passou por países do Caribe, deixando um quadro de destruição e morte. No Haiti, depois que o furacão passou, as equipes de resgate começaram a percorrer áreas remotas do país e o resultado foi desalentador: o balanço até agora mostra que morreram 339 pessoas.

Veja as fotos da viagem de Larissa Manoela e João Guilherme:



    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.