Tamanho do texto

Naldo dispensou os serviços de seu irmão, Rick, que ajudava o cantor a administrar a sua carreira

Naldo Benny acaba de entrar em uma nova polêmica familiar. Dedicando-se a sua carreira solo há sete anos, o cantor decidiu romper profissionalmente as relações com seu irmão, Rick. Era ele quem administrava a carreira do cantor e o ajudou desde que a dupla Naldo & Lula chegou ao fim após a morte violenta do irmão Jorge Luiz. 

Rodeado de polêmicas, Naldo desabafa: "Pensei em sair do país"

Após polêmica com pai, Naldo rompe relação com irmão e estremece família
Reprodução/TV Globo
Após polêmica com pai, Naldo rompe relação com irmão e estremece família


De acordo com as informações do jornal "Extra", Naldo  reduziu a influência de Rick em sua carreira e foi cada vez mais tirando os poderes de decisão do irmão, até que a relação entre eles ficasse "insustentável", abalando também os laços familiares. Fontes próximas ao cantor ainda afirmaram à publicação que "ele só sai de casa se tiver um cachê envolvido".

Recentemente, o cantor afirmou que estava em crise financeira após a redução de seu cachê e do número de apresentações contratadas. O marido de Ellen Cardoso , a Mulher Moranguinho , chegou a se apresentar em uma praça de alimentação de um shopping para driblar a má fase

Família estremecida

A relação entre Naldo e o irmão não é a única que está abalada. O pai do cantor, Manoel Jorge da Silva,  de 73 anos, foi a público revelar a mágoa que sente do artista, com quem não fala há mais de um ano. "Se pudesse, negaria mil vezes que ele é meu filho. Ensinei meus oito filhos a pedir a bênção. Quando telefonei para o Ronaldo e ele atendeu: 'O que você quer, cara?!', desliguei e não o procurei mais", disse ele em entrevista ao jornal carioca. 

Naldo admite crise financeira e queda no cachê em R$ 100 mil

Pai do cantor fabrica lajes no Rio de Janeiro
Reprodução/Facebook
Pai do cantor fabrica lajes no Rio de Janeiro

O pai do cantor se casou novamente após a morte de sua mulher Ivonete, mas garantiu que esse não foi o motivo de seu estranhamento com o filho. "Ronaldo nunca deu nada para gente. A casa que ele prometeu à mãe, em Bonsucesso, foi comprada por R$ 600 mil três dias antes de ela morrer. Minha mulher nem entrou na casa. Alguns dias depois devolvi a chave", disse Manoel.

Manoel ainda contou à publicação que seu filho se opôs ao pedido do pai para contratar uma cuidadora: “Às vezes, nem como direito. Naldo foi contra eu arrumar alguém. Mas quem ia cuidar de mim, da minha roupa, da minha comida? Minha mulher é aposentada, vivo mais às custas dela do que ela de mim. Honrei meu casamento com a mãe dele durante 47 anos e 5 meses”.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.