Tamanho do texto

O afastamento de Dilma Rousseff da presidência do país dividiu opiniões no meio artístico; veja as manifestações dos famosos

A decisão favorável ao impeachment de Dilma Rousseff tomada pelos senadores na quarta-feira (31) deixou bem clara a bandeira defendida por diversos nomes do meio artístico brasileiro. Desde que a cassação do mandato da ex-presidente foi anunciada, muitos famosos começaram a se manifestar nas redes sociais. 

+  Sonia Braga e artistas protestam contra impeachment de Dilma em Cannes: "Golpe"

Famosos comentam o impeachment de Dilma Rousseff
Divulgação
Famosos comentam o impeachment de Dilma Rousseff


Veja o que as celebridades disseram sobre o impeachment de Dilma Rousseff :

José de Abreu, ator:

"O fim do Brasil começou ontem. Fiquem com Deus. Um passo em direção ao passado. Só falta a tortura recomeçar e a Folha [de S. Paulo] emprestar seus carros para torturadores...".


Lobão, cantor:

"Enfim excretados do poder depois de 13 anos tenebrosos. O Brasil está livre. Congratulações a todos os brasileiros que lutaram para isso".

Tico Santa Cruz, cantor:

"Não há nada que possa ser dito nesse momento que já não tenha sido escrito, esclarecido ou mostrado. As pessoas só entenderão quando começarem a perder os poucos direitos que conquistaram. Quando sentirem na pele a escolha.
A luta continua, na verdade ela não para nunca, mas tem momentos que é melhor deixar o silêncio falar".


Romário, ex-jogador e senador:

"Agora é hora de virar a página. Meu desejo é que as diferenças que surgiram nesses últimos meses sejam deixadas de lado".

Monica Iozzi, apresentadora:

"Primeiramente, #ForaTemer!!! Depois, #DiretasJá!!!! Agora sim, bom dia".

Juliana Alves, atriz:

"Viva a hipocrisia! Viva o oportunismo! Viva a injustiça. Viva a covardia. Viva a estupidez humana! Golpe".

Gisele Batista, atriz:

"Não sou petista, o governo da Dilma foi uma lástima, mas temo pela democracia e por todos nós".

Paula Braun, atriz:

"Primeiro era a Dilma, agora cês vão tirar quem?".

Maria Gadu, cantora:

"Luto. Luta. Democracia".

Acidentalmente partidarizado, "Aquarius" se projeta em meio a impeachment

Thiago Rodrigues, ator:

"Não teve golpe, a constituição foi respeitada como poucas vezes nesse país! Mas agora, é #foratemer sem bandeirolas da CUT nem do MST. Sem cachê, sem sanduíche e sem balbúrdia! Agora o Brasil tem que pressionar o STF pra julgar Cunha, Jucá, Renan, Gleise entre outros. E Sr presidente Temer, o sr também não nos representa! Mudar o Brasil agora não significa afastar apenas a Dilma, mas afastar todos vocês do poder! PT e PMDB se igualam na cretinice, se separam pra se atacar e se juntam qdo querem se proteger da lei. Golpe é uma pinóia. Eu não defendo bandido, nao tenho legenda e nem partido! Golpe é o que todos esses políticos vem impondo a sociedade brasileira a muitos e muitos anos".


Leandra Leal, atriz:

"Estou extremamente triste e decepcionada com essa farsa. Feliz é aquele que acredita que isso foi justo, que isso não é um golpe. A resposta virá de novo nas urnas. #ForaTemer #NovasEleições #ReformaPolítica".

Johnny Massaro, ator:

"Aos 61 ratos golpistas, meu mais profundo desprezo. Seus nomes mancharão para sempre a história do Brasil. A luta continua: FORA TEMER".

Ju Isen, musa das manifestações:

"Oi, Brasil, hoje é dia de comemorar. Muitas vezes colocamos a #Luto, hoje é dia de colocar #felicidade, Brasil de cara nova! É para mostrar para eses políticos corruptos que quem manda é a gente. Nada do que fiz foi em vão, eu faria tudo com a mesma intensidade. Brasil de cara nova".

Thiago Fragoso, ator:

"Votemos com consciência nas próximas eleições. Pesquisemos sobre os candidatos E os seus VICE's".

Arnaldo Antunes, cantor:


Paloma Duarte, atriz:

"Que triste dia para a política brasileira, para democracia. E nem consegui esmagar um tomate no Cunha. Que dia triste. Canalhas, canalhas, canalhas".

Bruno Mazzeo, ator:

"Se tivesse votado em Dilma talvez estivesse puto. Como não votei... estou é triste. #ForaTemer #PelaDemocracia #ReformaPoliticaJÁ"

Samantha Schmütz, atriz:

"Rasguemos nosso titulo de eleitor pois ele já não serve mais pra nada #foratemer #tevegolpevaiterluta".

Malvino Salvador, ator:

"Queremos que quem governe, que seja pelo povo e para o povo e não em função de interesses partidários ou particulares. Este, para mim, é o maior significado deste impeachment. Agora é #foracunha e total apoio à #operaçãolavajato #euapoioalavajato".


Famosos se manifestam nas redes sociais em dia de votação de impeachment 

Humberto Carrão, ator:

"Da morte apenas nascemos, imensamente... Vamos resistir! Às ruas!"

Carolina Kasting, atriz:

"Brasil, um país inacreditável".


    Leia tudo sobre: Impeachment