Tamanho do texto

Agora apresentador, o humorista Fábio Porchat não teme "fogo amigo" de Danilo Gentili e Marcelo Adnet: "está todo mundo jogando o jogo"

O "Programa do Porchat", que o apresentador terá nas madrugadas da Record, estreia nesta quarta-feira (24) e o humorista Fábio Porchat recebeu a imprensa nesta segunda-feira (18) para falar sobre o talk-show diário que misturará humor, música, e entrevistas.

O bate-papo aconteceu no estúdio onde é gravado o programa. "A gente não quer simplesmente fazer uma entrevista, a gente quer fazer coisas que aconteçam apenas aqui", declarou o apresentador.

O comediante Fábio Porchat
Divulgação
O comediante Fábio Porchat

À primeira vista, o cenário é bem tradicional. Composto por uma mesa, algumas canecas, e uma banda. O diferencial? O apresentador, segundo ele mesmo. O late show terá a cara do Porchat, na avaliação do próprio. "Se eu não conseguisse fazer um programa que tivesse a minha cara, não ia ser bom para ninguém".

O humorista confessa que recebeu propostas para fazer programas em outras emissoras, como Globo e SBT, mas a “Record fez a melhor proposta"

Interatividade

Preocupado com a “quentura” do programa, Porchat assegurou que todas as edições do late show serão gravadas no dia em que irão ao ar e que mesmo com esse padrão, não vai abrir mão da interação com o público por meio das redes sociais.

Foto do cenário do novo programa de Fábio Porchat
Guilherme Machado/iG São Paulo
Foto do cenário do novo programa de Fábio Porchat

"Para a minha grata surpresas, as coisas foram acontecendo e sendo permitidas de um jeito que jamais iria imaginar", observa. "A Record está muito dentro desse pensamento (da interatividade na internet). Fiquei impressionado como a internet da Record é forte". Segundo Porchat, haverá produção de conteúdo exclusivo para a internet.

A ideia é pensar "fora da caixinha". Para isso, o apresentador foi para os Estados Unidos e acompanhou a gravação e os bastidores de diversos talk shows; como o de Ellen Degeneres .

Sobre a competição que terá com Danilo Gentilli , que apresenta o "The Noite", e Marcelo Adnet , que terá o "Adnight"- que estreará um dia depois-, Porchat garante que se sente tranquilo. "É fogo amigo! A gente tem a liberdade de brincar um com o outro. A gente sabe que um gosta do outro ali. Não será nada agressivo, é todo mundo jogando o jogo".

O "Programa do Porchat" também terá muitas brincadeiras e games com os convidados durante as entrevistas. Alguns já foram gravados em externas. O apresentador acredita que esses games, inspirados em talk shows americanos, vão cair nas graças da audiência. "O público não tem o costume de ver os late shows que tem lá [nos EUA]. O público brasileiro não acompanha essa variação toda. Para o público brasileiro tem dois late shows: o Danilo e o Jô, e o Jô acaba esse ano. Então, na verdade, acho que não cansa porque ainda é novidade para o público brasileiro".    

Sasha barbeira?

Sasha
Instagram
Sasha

Porchat, claro, falou sobre a já lendária entrevista com Sasha, filha de outra estrela da emissora, Xuxa Meneghel. “Ela tava muito nervosa, muito tensa. Por isso eu ofereci um drink para ela logo de cara. Um coquetel", explica. "A gente fez meio que uma auto-escola aqui, não saímos na rua. Foi bem interessante! Ela dirigiu um fusca", se diverte com a memória o comediante e apresentador. Porchat conta que, aos poucos, a filha de Xuxa foi se soltando como entrevistada.  "Aí a gente pediu para as pessoas na rua fazerem perguntas para ela" .

Xuxa, confessa Porchat, estava hesitante quanto a possibilidade da filha topar ser entrevistada pelo comediante. "Ela falou que achava legal mas que a Sacha não ia topar porque ela não dá entrevista para ninguém. Eu falei: 'deixa eu só tentar falar com ela', contextualiza o apresentador. "Saímos para jantar eu, ela, minha namorada e mais duas amigas dela. Ela foi entendendo a ideia, aí ela falou 'acho que sim'. E foi!" 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.