Tamanho do texto

Na semana da estreia de "Ben-Hur", o iG lista as melhores opções de filmes bíblicos e tem de Russell Crowe a Charlton Heston para escolher

Entre a razão e a emoção, a fé costuma ser um tema bastante explorado nas produções cinematográficas, seja com tramas reflexivas sobre religião ou por histórias inspiradas na Bíblia, capazes de arrastar multidões até as salas de cinema. Com o desenvolvimento da tecnologia e dos efeitos especiais, os filmes épicos ganharam a preferência dos principais diretores e roteiristas, que se empenham em levar essas produções a um novo patamar. 

+ Filmes online: 22 opções para assistir na Netflix

Rodrigo Santoro interpeta Jesus Cristo no filme
Reprodução
Rodrigo Santoro interpeta Jesus Cristo no filme "Ben-Hur"


+ Treze filmes de suspense que abordam transtornos psicológicos

"Ben-Hur" é um dos maiores exemplos de filmes baseados na Bíblia que deram certo. Dirigido por William Wyler, o clássico lançado em 1959 fez história ao conquistar 11 estatuetas no Oscar e agora está de volta às telonas trazendo Jack Huston no papel principal e Rodrigo Santoro como Jesus Cristo. Inspirado em passagens bíblicas, o longa aborda temas como amor, vingança, redenção e perdão. 

+ Seis filmes que comprovam o talento de Tom Hardy para a atuação

Veja na lista abaixo alguns dos melhores filmes inspirados na Bíblia:

Noé (2014)

Dirigido por Darren Aronofsky, "Nóe"vai muito além da famosa reunião dos animais antes do dilúvio divino.  O filme, que liderou as bilheterias americanas em sua estreia,  mostra um Noé (Russell Crowe) sujeito a visões divinas e com premonições sobre o fim do mundo. Ignorado, Noé e sua família são lançados à própria sorte no deserto, junto com criaturas gigantes de pedra, os "Guardiões".

Cena do filme
Divulgação
Cena do filme "Noé"


O Filho de Deus (2014)

Inspirado na série épica "A Bíblia", "O Filho de Deus" narra a história da vida de Jesus Cristo (Diogo Morcado), desde o seu nascimento até os ensinamentos seculares, a crucificação e a ressurreição. Produzido de forma independente e dirigido por Christopher Spencer, o filme é o primeiro a contar a história de Jesus desde "A Paixão de Cristo", lançado em 2004.

Cena de
Divulgação
Cena de "O Filho de Deus"


A Paixão de Cristo (2004)

Com base no livro "A Dolorosa Paixão de Nosso Senhor Jesus Cristo", "A Paixão de Cristo" é um dos clássicos do diretor Mel Gibson. O filme, falado em aramaico, reproduz as últimas 12 horas de vida de Jesus Cristo (James Caviezel) e reconta a relação de Cristo com Maria (Maia Morgenstern) e os Doze Apóstolos. Lançado em 2004, o longa ficou no topo das bilheterias daquele ano, arrecadando cerca de R$ 600 milhões.

Reprodução
"A Paixão de Cristo"


Davi e Golias (1960)

Reprodução
"Davi e Golias"

O filme mostra uma batalha entre israelitas e filisteus pela posse do Arco da Aliança. O Rei Saul (Orson Welles), rei dos israelitas, ouve de seus profetas que um novo rei ocupará seu trono na forma de um jovem pastor chamado Davi (Ivica Pajer). Por sua vez, Davi recorre o exército israelita para arranjar suprimentos para seu irmão e conhece Golias (Aldo Pedinotti ), o soldado filisteu mais temido do reino.

Sansão e Dalila (1949)

Dirigido por Cecil B. DeMille, "Sansão e Dalila" é uma produção clássica que conta a história do hebreu Sansão (Victor Mature), famoso pela sua força e noivo de uma mulher filistéia chamada Semadar (Angela Lansbury), morta durante uma tentativa dos filisteus de assassinar Sansão. Dalila (Hedy Lamarr), irmã de Semadar, tenta descobrir o segredo da força de Sansão e quando descobre, o entrega aos filisteus, causando uma reviravolta na trama. O filme ganhou o Oscar de melhor direção de arte e melhor figurino.

Divulgação
"Sansão e Dalila"





 Os dez Mandamentos (1956)

Um dos mais lembrados filmes inspirados na Bíblia, "Os Dez Mandamentos", de Cecil B. DeMille, recebeu sete indicações ao Oscar, incluindo de Melhor Filme, e venceu na categoria de efeitos especiais. O longa mostra a vida épica de Moisés (Charlton Heston), desde recém-nascido até quando descobre sua real condição e decide liderar seu povo que, escravizado pelos egípcios, luta pela liberdade.

Cena do filme
Reprodução
Cena do filme "Os Dez Mandamentos"


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.