Tamanho do texto

Após apresentação na cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos, Anitta foi comparada a Beyoncé pelo "The New York Times" e conquistou os gringos

Anitta ainda colhe os frutos de sua apresentação na cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. Na manhã desta quarta-feira (17), a cantora comemorou a repercussão positiva sobre sua participação na festa olímpica, transmitida para cerca de três bilhões de espectadores ao redor do mundo, em entrevista a Fátima Bernardes no programa "Encontro", da TV Globo.

Anitta lança clipe e diz não ter tempo para affair: "Focada no meu trabalho"

Anitta comemora sucesso internacional e manda recado:
Reprodução/Youtube
Anitta comemora sucesso internacional e manda recado: "Tem que ter paciência"


11 provas de que Anitta é gente como a gente  

Fátima parabenizou Anitta pelo show ao lado de Caetano Veloso e Gilberto Gil e mencionou os elogios que ela ganhou na imprensa internacional. "Foi incrível ver você ali. A repercussão do que foi a sua apresentanção, com a imprensa internacional comparando você com toques de Beyoncé no 'The New York Times'", disse. "Você sabia que participar de uma abertura olímpica daria para você essa projeção internacional?", questionou a apresentadora.

Animada, Anitta reconheceu a visibilidade que teve na cerimônia e afirmou que os estrangeiros estão mais acostumados com o tipo de música de seu trabalho. "É claro que a gente sabe que eu nunca na vida cantei para tanta gente, se a gente levar em consideração a quantidade de pessoas que estavam assistindo pela televisão no mundo inteiro. Mas eu acho que por conta do meu trabalho aqui no Brasil ser algo que envolve dança e música pop, uma coisa que fora do país as pessoas já estão mais acostumadas a ouvir, acaba que todo mundo fica 'e aí, quando vai começar sua carreira internacional?'", desabafou.

"Somos seres humanos", desabafa Anitta sobre polêmicas envolvendo seu nome


Sobre o sonho de levar a carreira para o exterior, Anitta disse que está empenhada na missão, mas que é preciso de algo a mais. "Há alguns anos eu venho estudado sobre isso, sobre as possibilidades de expandir o meu trabalho para outros países. Eu sei que não é um trabalho fácil. Tem que ter paciência e calma. Não é de um dia para o outro que você vai se tornar famosa. É um passo atrás do outro, com muita calma. Mas com certeza eu sabia que esse dia seria inesquecível e que me ajudaria da forma que me ajudou", disse.

O tiro certo na América Latina

Os primeiros passos rumo à carreira internacional já foram dados por Anitta. A cantora acaba de lançar o hit "Sim ou Não", que conta com a participação do colombiano Maluma , um dos grandes nomes do reggaeton na América Latina. O vídeo, gravado no México e dirigido por Jessy Terrero, quebrou o recorde de vídeo  do YouTube mais visualizado em 24h no continente.

Enquanto o clipe coleciona visualizações no YouTube, a música entrou para a lista das 50 mais reproduzidas no Spotify em países como Argentina, Colômbia e Venezuela. "Sim ou Não" também atravessou o oceano chegou até o top 50 de Portugal.

Veja a apresentação de "Sim ou Não" ao vivo no "Encontro":


    Leia tudo sobre: Anitta
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.