Tamanho do texto

Atriz conta a revista que sofreu com as críticas por "Renascer" e que, após o trauma, passou a escolher bem cada personagem antes de aceitar o papel

Adriana Esteves falou em entrevista à revista "Claudia" de agosto a depressão que sofreu após as críticas que recebeu quando interpretava a Mariana da novela "Renascer", em 1993. A atriz comentao desafio que enfrentou para retomar a carreira e  as seqüelas que o episódio deixou.

Adriana Esteves voltou a ficar de bem com a vida
Fernando Louza/Claudia
Adriana Esteves voltou a ficar de bem com a vida


“Foram os anos mais difíceis da minha vida”, desabafa Adriana Esteves . Reclusa, ela desistiu de interpretar Babalu em "Quatro por Quatro" (1994),  papel que acabou ficando com Letícia Spiller , e retornou em 1997, protagonizando "A Indomada" e no ano seguinte se destacou como a Sandrinha de "Torre de Babel" – que voltará ao ar em outubro, no canal Viva.  A partir do trauma, passou a escolher bem suas personagens na TV.

+ Relembre novelas dos anos 70 e 80 que marcaram época

"Sempre fico com medo quando chega um convite. Mas aí me cerco de conhecimento: vou estudar, ler, pesquisar. Aos poucos, ganho coragem e me jogo de vez”, diz Adriana Esteves, cujo último trabalho na TV foi em "Babilônia" – novela que prometia, mas acabou sendo um grande fiasco.

+ 5 novelas dos anos 90 que emocionaram o público

Mas antes da personagem que não aconteceu na trama de Gilberto Braga exibida no ano passado, Adriana Esteves colecionou outras personagens de sucesso. Entre elas a Catarina de "O Cravo e a Rosa" (2000), a Amelinha de "Coração de Estudante"  (2002), Lola de Kubanacan (2003) e a inesquecível Carminha de "Avenida Brasil" (2012).

+ Novelas marcantes dos anos 2000

A atriz poderá ser vista em breve no próximo dia 22, quando estreia às 23h a minissérie "Justiça". Fátima, sua personagem, é uma empregada doméstica presa após o vizinho esconder drogas em seu quintal. Ela avalia à revista sua trajetória. "No saldo, há mais pontos positivos do que negativos. Todo mundo tem problemas, mas eu foco na solução e sou feliz assim”.

Em casa, Adriana Esteves coloca em prática seu lado mãe e cuida dos filhos Vicente , de 9 anos, que teve com Vladimir Birchta, Felipe , de 16 (do casamento com Marco Ricca ), e Agnes , de 18  anos (filha do relacionamento anterior de Vladimir), "Tenho paixão por assumir o papel de matriarca, tomar conta do que me compete. Sinto-me responsável", declarou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.