Tamanho do texto

Ator de "Two And A Half Men", Charlie Sheen sempre teve sua intimidade exposta na mídia e ele deu motivos para isso; confira as principais polêmicas

Em novembro do ano passado, o ator Charlie Sheen revelou ao mundo que é HIV positivo e, desde então, a vida do astro de "Two And A Half Men" sofreu uma reviravolta marcada por processos, término de contrato, conta bancária negativa e surto da ex-mulher .

Ator Charlie Sheen
REUTERS/Gus Ruelas
Ator Charlie Sheen



Charlie Sheen revela que abandonou tratamento para combater HIV

Com talento de sobra e uma trajetória de sucesso na televisão, a intimidade do ator sempre esteve exposta na mídia. Mas ele deu motivos para isso. No início dos anos 90, o ator, que é amante de armas, envolveu a então noiva, Kelly Preston, em um acidente. Ele alega que atirou em seu braço sem querer, mas não adiantou e ela deu fim ao noivado. 

Em maio de 1998, notícias relacionada a abuso de drogas começaram a surgir. Sheen injetou cocaína e teve uma overdose. Depois de de receber alta do hospita, foi enviado a uma clínica de reabilitação. A primeira de muitas rehabs.

Relacionamentos conturbados

Charlie Sheen foi casado três vezes e tem cinco filhos de diferentes mães. Em 2014, o ator ficou noivo de Brett Rossi, mas não pôde se casar, pois a atriz pornô era legalmente casada. Sheen teve sua primeira filha, Cassandra Jade, em 1984, com sua então namorada Paula Profit. 

Subiu ao altar pela segunda vez em 2002 com a atriz Denise Richards. Eles se conheceram durante as gravações de “O Segredo do Sucesso” (2001) e tiveram duas filhas, Sam e Lola Rose, nascidas em 2004 e 2005, respectivamente. A relação durou pouco e o casal se separou antes mesmo do nascimento de Lola. A atriz alegou no divórcio que ele abusava de drogas e a ameaçava.

O terceiro casamento de Sheen foi em 2008, com Brooke Mueller. No ano seguinte, eles tiveram os gêmeos, Bobe e Max, e o ator foi preso acusado de violência doméstica e de ameaçar sua mulher - de novo. Charlie Sheen foi liberado depois de pagar US$ 8.500 de fiança.

Rehab

Como pena, o juiz determinou que ele deveria passar 30 dias em uma clínica de reabilitação, 30 dias de condicional, 36 horas de terapia para “administrar a raiva” e foi proibido de portar armas para o resto da vida.

O ano de 2010 também foi bastante atribulado para Sheen. Em fevereiro, o ator anunciou que faria uma pausa nas gravações de “Two And a Half Men” para se internar em uma clínica de reabilitação - por vontade própria. Em maio, ele voltou ao programa ganhando US$ 1,8 milhão por episódio filmado.

Em janeiro de 2011, Sheen foi levado ao hospital sentindo fortes dores abdominais. No dia seguinte, começou um programa de reabilitação em sua casa, e a rede CBS anunciou que as gravações de “Two And a Half” seriam suspensas provisoriamente. Porém, a gravação desta temporada acabou sendo cancelada. O motivo: as ofensas de Sheen ao criador e roteirista da série.

As festas de mais de 24 horas com atrizes pornô regadas a muita cocaína sempre foram rotina. Mesmo depois de ele descobrir a doença. Charlie Sheen afirmou que descobriu que era soropositivo em 2006, pouco depois do divórcio de Denise Richards, que declarou saber da doença do ex "há muito tempo".

Em junho de 2016, Charlie Sheen foi ao "Today Show" da NBC contou uma versão diferente de quando anunciou que era HIV positivo.  Disse que não contou sobre a Aids a parceiras sexuais e disse que era constantemente chantageado e extorquido por prostitutas que sabiam de sua condição. Uma delas chegou a bater foto da sua medicação antirretroviral e ameçou vendê-la para um jornal de fofocas.