Tamanho do texto

Modelo conta que já perdeu trabalhos por conta das muitas tattoos que tem espalhada pelas suas curvas

Luciane Hoepers, modelo e musa fitness
Divulgação
Luciane Hoepers, modelo e musa fitness


A modelo e musa fitness Luciane Hoepers não chama atenção apenas pelo seu bumbum de 113 centímetos, mas também pelas 19 tatuagens espalhadas pelas suas curvas. Apaixonada por tattoos, ela já fez homenagem para o filho, Bruno Gabriel, de 13 anos,  e começou sua extensa coleção com um Dragão, que estampa boa parte de suas costas.

Luciane Hoepers, modelo e musa fitness
Divulgação
Luciane Hoepers, modelo e musa fitness

"Minha primeira tattoo foi aos 18 anos e escondida dos meus pais. Levaram quase dois anos para descobrirem e então, apesar da orientação de não fazer mais, não me julgaram. Tatuagem não pode ser entendida como moda, porque um dia, se for assim, acontece o arrependimento. Você precisa ter certeza que quer conviver com aquele 'rabisco' em você o resto de sua vida", comentou Luciane.

Luciane Hoepers, modelo e musa fitness
Divulgação
Luciane Hoepers, modelo e musa fitness

"Apesar da tecnologia já existente para apagar uma tatuagem, ainda é muito complexo e caro de se fazer. A escolha de um bom profissional também é primordial. Conhecer os trabalhos anteriores, buscar referências do mesmo e acompanhar a higiene durante o processo da tatuagem”, completa a modelo.

Luciane Hoepers, modelo e musa fitness
Divulgação
Luciane Hoepers, modelo e musa fitness

Entre os desenhos que estampam o seu belo corpo, se destacam o de uma espada no antebraço direito, que reflete seu lado guerreira, a palavra Free (livre) nas costas da mão direita, um sinal de diferente, que segundo ela ilustra sua personalidade, nas costas da mão esquerda, um beijo com caveira na panturrilha direita, que para ela significa sedução perigosa, e uma diabinha no braço esquerdo, que mostra o lado mau.

Luciane Hoepers, modelo e musa fitness
Divulgação
Luciane Hoepers, modelo e musa fitness

Luciane, que pensa em fazer mais tatuagens, já sabe qual será seu próximo passo: “Vou sobrepor uma tatuagem que fiz com uma frase em iraniano, ela foi uma homenagem para um ex. Sempre há espaço para mais tatuagens. Amo tatuagens! Para mim nunca foi moda e sim 'estilo de vida'. Cada tatuagem minha tem um marco de algum momento da minha vida ou pontos da minha personalidade. Apesar de ser apaixonada por rabiscos no corpo, nenhum dos meus ex companheiros teve alguma tatuagem", comenta.

Luciane Hoepers, modelo e musa fitness
Divulgação
Luciane Hoepers, modelo e musa fitness

A musa Fitness também conta que apesar de não sofre preconceito, já perdeu trabalhos por conta do excesso de tatuagens. "Já existiu muito preconceito sobre tatuagens. Nos dias de hoje é mais aceitável com restrições para alguns tipos de trabalhos. Por ter muitas tatuagens, já perdi trabalho de campanhas importantes para o meu portfólio. Tattoo a partir da terceira já é estilo de vida e onde há uma escolha e sempre muitas renúncias", finalizou Luciane.