Tamanho do texto

"Não vou pegar um centavo desse show", disse o cantor ainda em cima do palco, durante a apresentação; assista no vídeo

Wesley Safadão não quis o cachê do show em Caruaru
Divulgação
Wesley Safadão não quis o cachê do show em Caruaru


Depois de toda polêmica envolvendo o cachê que receberia para fazer um show na cidade pernambucana de Caruaru, Wesley Safadão decidiu abrir mão dos R$ 575 mil e doou o dinheiro para instituições de caridade do próprio município. O anúncio foi feito durante sua apresentação no local e depois divulgado na conta oficial do cantor no Youtube.

Assista


"Se o problema for dinheiro, vou cantar em Caruaru nem que eu cante de graça. O problema foi resolvido. O que tinha que ser provado foi provado", disse Wesley Safadão no palco. "O problema do país não é culpa minha. O problema do país não é meu! É o governo que tem que resolver, é o governo que tem que pagar bem os professores. Não sou eu, não", completou.

A polêmica com o show começou quando uma ação pública foi movida acusando o artista de superfaturamento ao receber o alto valor em um evento da prefeitura - o dinheiro, claro, viria de um órgão público. A Justiça chegou a proibir a apresentação de Wesley de Safadão, mas depois liberou.

"Eu nem cheguei para o meu empresário hoje e nem falei nada para ninguém. Mas o que quero dizer para vocês é que, de todo o meu cachê, eu não vou pegar um centavo desse show de hoje. Porque música é isso, amo o que faço! Deus já me abençoa demais. Todo meu cachê vai ser revertido para as instituições de caridade aqui da cidade", finalizou Safadão.

    Leia tudo sobre: wesley safadão