Tamanho do texto

Ator escreveu texto nas redes sociais e não poupou palavras para expressar amor; "às vezes, distraído, choro de felicidade"

Camila Pitanga está nas nuvens com o namorado  Igor Angelkorte . O ator postou uma imagem do casal juntinho em uma rede e escreveu uma mega declaração para a amada. "De repente a vida aqui ganhou outra textura. Tô vivendo um lance de outra dimensão cósmica", diz o começo do texto.

Igor Angelkorte e Camila Pitanga namoram desde outubro do ano passado
Reprodução/Instagram
Igor Angelkorte e Camila Pitanga namoram desde outubro do ano passado


Juntos desde outubro de 2015, Igor não se conteve em expressar toda sua felicidade ao lado da atriz. "Como eu me divirto com ela. E ela brilha no salão. Uma lindeza de ver dançar. De suspirar e tudo. Transborda dela um tipo de luz, sabia. Eu vejo. Ela me emociona. Às vezes, distraído, choro de felicidade. Acontece. Tô no fluxo da vida", disse, em outro trecho.

"Outro dia eu também tava deitado numa rede, era fim de tarde, ela tava deitada no meu peito, tinha um coqueiro altão balançando calmo, não tinha como não chorar, entende. A gente se cresce por dentro. Ela me ilumina, me alarga. É minha paixão alegre", continuou.

Camila republicou a foto e o texto em seu perfil no Instagram e escreveu na legenda: "Amor tem que ser semeado e compartilhado. Que a força do amor nos proteja".

Amor tem que ser semeado e compartilhado. Que a força do amor nos proteja... #Repost @igorangelkorte ・・・ Cara, tô felizão. Queria te dizer isso, meu amigo. De repente a vida aqui ganhou outra textura. Tô vivendo um lance de outra dimensão cósmica. Sabe que eu não sou religioso, mas é espiritual. Espiritual é a palavra. Como as músicas do Radiohead que ela mais gosta. Porque rola isso de ficar ouvindo música. Ficar. Ouvindo. Música. E papeando horas. Ou até nos olhando. Demoradamente, pra só então dizer oi. Já aprendemos bastante das potências sutis da vista. Na verdade, a gente tá aprendendo ainda. A gente sabe que sabe pouco e gosta de terapia, saca. É uma beleza. Por isso, a gente se desembaraça. Acreditamos no processo e no tempo conspirando a nosso favor. Já se conhece pra carai. Putz, peguei carai com ela e ela tá cheia daquelas minhas mãos. Fica engraçadíssimo nela. A gente ri. Tamos, por exemplo, nos especializando em improviso de tropeções. Desse jeito, qualquer cantinho, qualquer beco é divino e maravilhoso. Podemos ser uma festa inteira. Ficar em casa é uma Puta night. São pistas de danças, sabe. Como eu me divirto com ela. E ela brilha no salão. Uma lindeza de ver dançar. De suspirar e tudo. Transborda dela um tipo de luz, sabia. Eu vejo. Ela me emociona. As vezes distraído choro de felicidade. Acontece. Tô no fluxo da vida. Outro dia eu também tava deitado numa rede, era fim de tarde, ela tava deitada no meu peito, tinha um coqueiro altão balançando calmo, não tinha como não chorar, entende. A gente se cresce por dentro. Ela me ilumina, me alarga. É minha paixão alegre. Tanta coisa já é, e ainda tem uma extensão. Outro pedaço dela. Menina Antonia. Que quando me conheceu veio caminhando em silêncio, chegou bem perto, apoiou o indicador de criança sobre o vitiligo do meu olho e disse carinhosa: que fofo. Carai. Obrigado, obrigado, obrigado, universo. Minha Gata, assim dito de boca cheia, à moda suburbana de quem veio do Rio Comprido. Você é foda. Seu aniversário foi essa semana e eu te desejo um novo ano gostosãum. Tô contigo e temos o mundo inteiro. Amo você cada dia um espaço maior. Mesmo.

A photo posted by Camila Pitanga (@caiapitanga) on