Tamanho do texto

"Acusado e vítima já forma ouvidos e testemunhas prestarão depoimento", anunciou a Polícia Civil de São Paulo

A Polícia Civil de São Paulo anunciou nesta terça-feira (7) que abriu inquérito para apurar o caso de  assédio sexual de MC Biel a uma jornalista do IG . O caso foi registrado na 1ª Delegacia da Mulher de São Paulo, no último dia 8.

+ Biel chama repórter de "gostosa" em entrevista e diz que "a quebraria no meio"

Biel
Divulgação
Biel


"A Polícia Civil informa que foi instaurado inquérito por assédio sexual na 1ª DDM da Capital e que o caso segue em investigação. Acusado e vítima já foram ouvidos e testemunhas prestarão depoimento nos próximos dias", informou, em comunicado.

+ "Entrei no táxi e tremia.; aí, comecei a chorar", diz repórter que denunciou Biel

ENTENDA O CASO

Biel foi denunciado por uma repórter do iG , cuja identidade está protegida por determinação policial, na 1ª Delegacia da Mulher de São Paulo por assédio sexual. Durante uma entrevista de divulgação de seu novo trabalho, em maio, o cantor declarou que "quebraria no meio" a jornalista se mantivesse relações sexuais com ela.

+ Veja trechos originais da conversa entre Biel e a repórter

Em outro momento da entrevista, Biel conversa com um amigo pelo celular e, para este amigo, chama a repórter de "ramelona" e "gostosinha". O diálogo foi gravado em áudio e vídeo, e entregue à polícia como prova no processo de investigação. Nesta terça (7), o IG disponibilizou o áudio .

+ Denúncias de assédio afastam Biel da Globo

Depois de ser desconvidado para carregar a tocha olímpica, o cantor também deve ser  vetado de participações em programas da Globo e terá sua música, "Química", retirada temporariamente da trilha sonora da novela “Haja Coração”, segundo o jornal "Agora".

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.