Tamanho do texto

Atriz ainda falou sobre a traição a Robert Pattinson em 2012: "Como você pode me odiar se nunca me conheceu?"

Na capa da revista "Variety" desta semana, Kristen Stewart falou abertamente sobre alguns assuntos que vivem pairando sua vida pessoal: sua sexualidade e a traição a Robert Pattinson com o diretor (casado) Rupert Sanders.

Kristen Stewart é capa da revista
reprodução/variety
Kristen Stewart é capa da revista "Variety"

Em 2012, fotos de Kristen beijando Sanders durante as gravações de "Branca de Neve e o Caçador" cairam na rede e até hoje ela se refere ao ocorrido como "o escândalo". Na época, ela namorava Robert Pattinson - seu par romântico na gigante franquia "Crepúsculo" - e fez um pedido de desculpas público pela traição. 

Apesar das desculpas, a atriz acredita que a maior parte do problema é que as pessoas gostam de "destruir as mulheres". "As mulheres julgam muito umas as outras. É muito natural, instintivo, animalesco", disse.

Além disso, acredita que a exposição e reação das pessoas seja o lado ruim da fama. "Aquilo foi um grande incômodo. Como você pode me odiar se nunca me conheceu?"

Outro assunto muito comum quando mencionam seu nome é sua sexualidade. Kristen nunca escondeu que se interessa tanto por homens quanto mulheres, mas disse à "Variety" que prefere não se definir.

"Você não tem que saber como se definir logo de cara. Eu tinha que ter algumas respostas sobre quem eu era. Eu sentia essa responsabilidade estranha porque eu não queria parecer medrosa. Mas nada parecia apropriado", disse.

"Então foi tipo que se dane, como eu defino isso? Eu não vou. Além disso, eu não queria ser o exemplo de que é muito simples. Não queria que parecesse que era idiota ter dificuldades em se definir. Eu não me definir agora é justamente a base de quem eu sou. E se você não entende, eu não tenho tempo para você."

Recentemente, Kristen Stewart terminou seu namoro com a cantora francesa Soko e foi vista saindo com a modelo Stella Maxwell, ex de Miley Cyrus.