Tamanho do texto

Cantor afirmou que foi retirado de aeronave nesta quarta-feira (13) por causa de confusão com assento

O cantor Tico Santa Cruz foi expulso de um voo em São Paulo nesta quarta-feira (13) após uma confusão com a companhia aérea.

Tico Santa Cruz foi expulso de um avião na madrugada desta quarta-feira (13)
Reprodução/Instagram
Tico Santa Cruz foi expulso de um avião na madrugada desta quarta-feira (13)

Em um vídeo publicado em suas redes sociais, o vocalista do Detonautas afirmou ter sido expulso da aeronave por tentar viajar em um "assento conforto", mais espaçoso que os outros. A confusão aconteceu porque Tico tentou sentar no assento, que estava vazio, sem pagar a taxa extra cobrada pela companhia.

No vídeo, Tico Santa Cruz explicou que se baseou em uma lei que impede a empresa aérea de cobrar por esse tipo de serviço. O músico ainda afirmou que foi expulso do avião mesmo depois de concordar em viajar em outro assento.

Depois de toda a confusão, o cantor foi retirado da aeronave por três agentes da Polícia Federal. O voo, que tinha como destino a cidade paranaense de Maringá, atrasou em cerca de 40 minutos por causa do incidente.

Tico Santa Cruz também garantiu que irá processar a Gol, empresa aérea que operava o voo do qual foi retirado. A companhia ainda não se pronunciou sobre o assunto.

Veja abaixo o vídeo de Tico Santa Cruz explicando a confusão:

Outros vídeos divulgados nas redes sociais mostram a confusão na aeronave. Alguns passageiros chegaram a discutir com o cantor, que também foi hostilizado por suas posições políticas. Veja abaixo um desses vídeos:


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.