Tamanho do texto

Apresentadora fala sobre participação no reality, dividindo o comando com Tiago Leifert: "Estou mais completa ainda"

Kika Martinez saiu do Rio Grande do Sul ainda muito jovem para buscar a carreira artística. Estreou como apresentadora em 2008, na MTV, emissora em que colecionou três anos e cinco programas como experiência. 

Kika Martinez
Divulgação
Kika Martinez

A relação próxima com a música vinda de quando a ex-emissora ainda investia no assunto faz com que apresentadora do "The Voice Kids" ainda veja futuro para o nicho. "Eu acho que sempre vai existir espaço para música [na TV], pois essa arte não tem limites. Com criatividade e bom gosto, programas musicais são bem vindos", disse em entrevista ao iG .

Após sair da MTV em 2010, a gaúcha engatou como repórter do "Domingão do Faustão", por onde fazia de tudo um pouco e chegou a ter um quadro próprio, viajando pelo mundo. 

A proposta para atuar como espécie de "fada madrinha" das crianças no "The Voice Kids" veio direto do diretor geral do reality,  Creso Eduardo Macedo . "Eu recebi o convite e vibrei muito, fiquei extremamente feliz. Eu sabia que seria algo muito especial trabalhar com crianças e música", empolga-se.

Kika ainda credita o sucesso do reality a um certo apelo emocional por ser um programa para a família toda, em suas palavras "feito com muito amor e carinho e verdade. O público sente isso e acaba se envolvendo também".

Com o fim do "The Voice Kids", no domingo retrasado, ela garante já ter planos para o futuro, mas não pode dar muitos detalhes. "Gostaria de voltar a trabalhar em algo que já fiz, programas que tratassem de relacionamento humano e comportamento", algo como ela acredita ter sido o reality.

"Tento fazer todo o meu trabalho com muita dedicação e afinco, cada etapa se aprende algo novo, no 'The Voice Kids' não foi diferente, estou mais completa ainda", afirma.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.