Tamanho do texto

Cantor fala a Raul Gil sobre confusão no carnaval em Minas Gerais, cantada em Gracyanne Barbosa e redução de cachê

A vida não está fácil para  Naldo Benny . O cantor, que admitiu a redução do seu cachê nos shows , desabafou no programa Raul Gil  deste sábado (2) sobre as polêmicas em que esteve envolvido recentemente.

Naldo participa do programa do Raul Gil e fala sobre polêmicas
Rodrigo Belentani/Divulgação
Naldo participa do programa do Raul Gil e fala sobre polêmicas


"Por um momento eu pensei em sair do país. Tenho muito amor pelo Brasil, (...) mas Tom Jobim já dizia que o brasileiro não lida bem com o sucesso alheio", disse. Ele fala sobre o show na cidade de Lambari (MG) no carnaval, quando foi vaiado, xingou o público e abandonou o palco.

"Não justifica o fato de eu ter xingado, mas eu sou um ser humano e naquele momento o que falou mais alto foi o homem e não o artista. Eu não cheguei atrasado, porque estava marcado para 3h da manhã e eu cheguei 3h24. Tem mais de dez anos que eu faço show e nunca tinha acontecido isso comigo".

Naldo também é confrontado sobre sua suposta cantada em Gracyanne Barbosa . "Mais uma mentira. Meu Instagram tinha sido hackeado. Eu cantei no casamento do Belo e ele cantou no meu. Sou amigo do Belo há anos", explica.

Sobre a queda em seu cachê, p cantor afirma que não é o único a sofrer com isso. "É óbvio que meu cachê hoje não transita no valor de R$ 150 mil como já foi, porque é uma questão nacional. Não é só o meu. O próprio Luan Santana falou que diminuiu de 30 a 35% o número de shows e o valor deles".

Na TV iG, Naldo Benny abre o jogo e revela dez segredos:


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.