Tamanho do texto

Assassino de Daniella Perez, filha da autora Gloria Perez, mostra hábitos para mais de 25 mil seguidores

Guilherme de Pádua , ex-ator condenado por matar a atriz Daniella Perez , filha da roteirista Glória Perez , em 1992, tem dado o que falar nas redes sociais. Com um perfil ativo no Instagram há pouco menos de um ano, o assassino exibe sua rotina de viagens, cultos e das pregações em portas de presídios para mais de 25 mil seguidores.

Guilherme de Pádua mostra rotina religiosa nas redes sociais e gera polêmica
Reprodução/Instagram
Guilherme de Pádua mostra rotina religiosa nas redes sociais e gera polêmica


Entre uma postagem e outra, Pádua aparece sorridente ao lado de amigos, mostra sua rotina de malhação na academia e compartilha diversas fotos de viagens que fez pelo Brasil, mas não escapa das polêmicas com os seguidores que se lembram da morte de Daniella. "E ele ainda sorri... Como pode ser tão cínico depois de tirar a vida de uma menina doce e meiga", declarou uma seguidora.

O ex-ator faz questão de manter as críticas em seu perfil e não se intimida na hora de respondê-las. "Infelizmente não existe máquina do tempo e não posso voltar ao passado... Para mim seria muito mais fácil já ter morrido. Quantas vezes desejei isso!", rebateu.

Em 1992, Guilherme de Pádua viveu um par romântico com Daniella Perez na novela "De Corpo e Alma", escrita por Glória Perez. A atriz, à época com 22 anos, foi estrangulada e teve o corpo desfigurado por dezoito golpes de tesoura horas depois de abandonar as gravações no Projac. Pádua confessou o crime e foi condenado a dezenove anos de cadeia. Ao deixar a prisão em 1999, Pádua converteu-se à Igreja Batista.

Veja algumas publicações do ex-ator:


    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.