Tamanho do texto

Após ter sido acusado de envolvimento na morte da filha de Whitney Houston, Nick Gordon se defende

Desde que Bobbi Kristina Brown foi encontrada desacordada em sua banheira no início de 2015, seu namorado Nick Gordon afirma estar vivendo um inferno.

Nick Gordon teria brigado com Bobbi no dia em que ela foi achada inconsciente
TVZ/Reprodução
Nick Gordon teria brigado com Bobbi no dia em que ela foi achada inconsciente

Além de perdê-la, o jovem foi acusado de estar envolvido no caso e proibido de visitá-la no hospital durante os seis meses em que ela esteve em coma induzido, antes de seus parentes optarem pela eutanásia e desligarem os aparelhos que a mantinham viva.

Em declaração para a revista "People",   Jose Baez  e  Joe S. Habachyos , advogados de Nick, afirmaram que seu cliente não apenas é inocente de todas as acusações, mas também está vivendo um dos piores anos de sua vida.

"A vida de Nick Gordon tem estado muito perturbada desde janeiro de 2015, quando ele perdeu o amor de sua vida. Além de ter sido proibido de visitar Bobbi Kristina no hospital em seus últimos seis meses de vida, Nick tem sido publicamente humilhado por mais de um ano", diz o comunicado. "Por todo esse tempo o escritório do procurador de Fulton County têm tentado transformar Nick em um assassino, apesar de terem provas claras e convincentes de que a morte de Bobbi Kristina não passou de um acidente trágico, deixando claro que os advogados tentaram esconder a verdade ao invés de permitir que os fãs dela soubessem do que realmente aconteceu", continua

"A verdade é que Nick tentou salvar a vida de Bobbi Kristina. A verdade é que Nick cooperou com a lei desde o primeiro dia. A verdade é que ninguém amou Bobbi Kristina mais do que Nick e ninguém sofreu mais com a morte dela do que Nick", dizem Baez e Habachy.

"Os advogados do Fulton County District Attorney continuam até agora a sugerir que tem uma investigação acontecendo. Porém, com a recente audiência para revelar o relatório de autópsia, o juiz do Supremo Tribunal de Fulton County Henry Newkirk reiterou diversas vezes que escritório do procurador de Fulton County teve 13 meses para fazer as investigações. Ao falhar em reconhecer que não existêm evidências contra Nick, eles basicamente alimentaram o frenesi da mídia em torno dele.", prosseguem.

Os advogados encerram o comunicado com um apelo: "Francamente, o que o escritório do procurador pode fazer agora é dizer a verdade ao público... Que isso foi um acidente, ou até um suicídio, mas não um assassinato. E a coisa certa que todos podem fazer agora é deixar que Nick viva sua vida e deixar Bobbi Kristina descansar em paz."


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.