Tamanho do texto

Ao iG, apresentadora comenta repercussão de fotos nuas e fala sobre nova fase: "Estava insegura comigo mesma"

MariMoon  deixou muita gente de queixo caído depois de posar nua  para o projeto fotográfico "#365nus", do fotógrafo  Fernando Schlaepfer . Em um bate-papo com o iG , a ex-VJ da MTV falou sobre a experiência de ser fotografada como veio ao mundo e comemorou a repercussão das fotos nas redes sociais. 

MariMoon supera depressão com ensaio nu:
Fernando Schlaepfer
MariMoon supera depressão com ensaio nu: "Fiquei muito triste com o fim da MTV"


"Acompanho o trabalho do Fernando desde sempre e fiquei muito feliz, ele tem uma linguagem que tem tudo a ver comigo e com o meu público. Quando ele me convidou, não pensei duas vezes. Fmais ainda com a repercussão da galera nas redes sociais. Eu li os comentários e não teve um que fosse uma crítica, achei maravilhoso! Na era dos nudes, é como se eu tivesse mandado para todo mundo", comemorou.

Acostumada a se exibir nas redes sociais, MariMoon conta que sempre teve vontade de posar nua. "A nudez faz parte da arte desde o princípio, é uma coisa linda. É natural para um artista trabalhar com o nu e eu sempre quis fazer algo assim. Já fiz fotos nuas para o meu blog, mas nunca publiquei. Eu era muito nova e ainda não era o momento", confessou.

Mari Moon
Fernando Schlaepfer
Mari Moon


Aos 33 anos, a apresentadora acredita estar vivendo uma fase de renovação depois de conseguir superar a depressão. "Se tivessem me chamado antes para as fotos, não teria feito. Eu estava em um momento muito mal. Depois que a MTV acabou, eu fiquei bem triste mesmo, fiquei deprimida, perdi toda a minha confiança. Achei que nunca mais ia trabalhar na TV", desabafa.

Escalada para apresentar um programa especial sobre o Lollapalooza na Globo, MariMoon comemora a volta por cima na carreira e na vida pessoal. "Estou empolgadíssima. Muito feliz e ansiosíssima. Nunca passou pela minha cabeça que a Globo ia me chamar, mas eles apresentaram um projeto muito bacana que é a minha cara. Estou vivendo uma fase de liberdade, de autoaceitação. Consegui encontrar a minha zona de conforto para ser o que eu quiser".


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.