Tamanho do texto

Novidades vão amplificar tom e ritmo da cobertura do canal iG Gente de todo o universo do entretenimento

O leitor mais atento certamente já reparou em algumas mudanças no portal iG (e mais podem estar a caminho) e algumas delas dizem respeito ao nosso querido canal iG Gente . Todo o noticiário cultural, que antes figurava no canal ON , passa a ser publicado no canal na seção Cultura. Mas não é só. Celebrando essa nova fase o canal lança três novas colunas para aprimorar e enriquecer ainda mais a cobertura do portal desse fabuloso mundo do entretenimento.

A cobertura do noticiário de celebridades acaba de ganhar mais status no iG
Reprodução/Instagram
A cobertura do noticiário de celebridades acaba de ganhar mais status no iG

O Faixa 1 , sobre música, Na TV , sobre televisão, e Vem, Gente! , com bastidores do show business, chegam para somar à rotina do iG Gente.

“O iG Gente tem um apelo jornalístico mais forte. Minha ideia é quebrar um pouco essa barreira e entregar um conteúdo exclusivo”, observa Renata Reif , editora de entretenimento do iG que assume a coluna “Vem, Gente!”, que já foi editada pelas jornalistas Patricia Moraes e Nina Ramos .  “As meninas deixaram um belo legado! Quero dar continuidade a ele, mas com uma abordagem diferente e tiradas leves. A ideia é proporcionar ao leitor informação rápida com um toque ligeiramente provocativo”.

“O Vem, Gente!”, sob a gestão de Reif, pretende elevar a experiência do leitor ávido por bastidores do universo dos famosos. “A coluna tem como missão investigar as histórias mais quentes. Relacionamentos, dança das cadeiras, brigas, desafetos, acertos, erros e tudo que envolve esse mundo que fascina tanto nosso público alvo”, explica Reif. 

Ela garante que não haverá nenhum tipo de preconceito na hora de eleger os tópicos a serem iluminados pela coluna. E subcelebridades tem tantas chances de ganharem destaque quanto astros internacionais. “Quem tiver uma boa história terá espaço garantido na coluna”.

Outra coluna revigorada é o Na TV. O jornalista Jonathan Pereira , dono de um repertório enciclopédico quando o assunto é televisão e telenovela, assume o posto de colunista de televisão do iG. “Nossa produção televisiva é muito rica para ficar esquecida. Além de matar a saudade de quem assistiu, é uma forma de apresentar esses clássicos às novas gerações”, expõe o jornalista. Engana-se, porém, quem pensa que o Na TV vai se resumir à memória da TV brasileira. Esse é apenas um dos adornos do blog.

Como atestam as postagens desta semana sobre o Xuxa Meneghel e a Sessão da Tarde , Pereira almeja abordar o dia a dia da TV com olhar crítico, mas também com afeto. “É um espaço para um olhar mais aprofundado, com críticas e análises dos programas e novelas. Mas nada chato ou pesado”.

Te cuida Fátima Bernardes! O Encontro deve ser pauta frequente do Na TV
Divulgação/TV Globo
Te cuida Fátima Bernardes! O Encontro deve ser pauta frequente do Na TV

Quem gosta de novelas já pode favoritar. O colunista garante que elas receberão atenção especial. “Elas são o produto cultural mais visto pelos brasileiros - mesmo com a audiência caindo ano a ano, milhões de pessoas ainda param em frente à TV diariamente ou assistem pelo computador, celular, etc”, observa Pereira que comemora a oportunidade de celebrar essa paixão em conjunto com o leitor do iG. “Quero que o leitor se sinta no sofá de casa conversando com um amigo sobre aquela cena, capítulo ou atração que assistiu e que de alguma forma - positiva ou não - lhe tocou”.

Se o Vem, Gente! e o Na TV ganham novo fôlego, o Faixa 1 é totalmente novo. A coluna será assinada pelo jornalista Caio Menezes dos Santos e chega para “dar espaço para o que normalmente não teria espaço na cobertura do iG ou de qualquer grande veículo de comunicação”. Estamos falando de música, é claro. E Caio tem posições bem fortes a respeito.  “A ideia é focar na cena alternativa porque é quem precisa ter sua penetração amplificada”, diz sobre a força primária do Faixa 1. “Mas é difícil ficar preso só ao alternativo e underground, então não vai ser nenhuma surpresa se o mainstream também tiver bastante destaque”.

Kendrick Lamar abriu os trabalhos no Faixa 1 na última semana
Reprodução
Kendrick Lamar abriu os trabalhos no Faixa 1 na última semana

Para o novo colunista do iG, ainda há muito a evoluir em matéria de cobertura midiática da música e ele espera poder contribuir. “Eu acho que a mídia tradicional ainda tem que aprender a fazer uma cobertura de música que não seja tão profunda que ninguém vai entender, nem tão superficial que vai se tornar descartável. Nesse quesito, os blogs já estão ganhando de lavada”.

Caio sempre ouve Kendrick Lamar , o que ajuda a entender o porquê do rapper ter sido o tema de sua primeira postagem no Faixa 1 . Mas ele rejeita a percepção de que suas paixões irão preponderar no espaço e afirma que não há assentos cativos na coluna. “O que quero é exatamente falar sobre coisas diferentes o tempo todo. Vai ter assento cativo todo mundo que fizer coisas interessantes que merecem ser destacadas”.

Além do Na TV, do Vem, Gente! e do Faixa 1, o canal de entretenimento do iG também oferece a seus leitores o Cineclube , coluna de cinema assinada pelo jornalista Reinaldo Glioche

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.