Tamanho do texto

Conhecida como a "Peladona de Congonhas", a modelo conta como descobriu a doença, sua recuperação e os planos de ter outros filhos

Jéssica Lopes terminou 2015 com uma surpresa. A modelo descobriu, pouco antes do Natal, um câncer no colo do útero  após fazer exames de rotina. A Peladona de Congonhas, como ficou conhecida, conversou com iG sobre a descoberta, os próximos passos e como está lidando com a doença aos 30 anos de idade.

Jéssica Lopes descobriu um câncer no colo do útero no final de 2015
Reprodução/Instagram
Jéssica Lopes descobriu um câncer no colo do útero no final de 2015


 "A gente ouve falar em câncer e a palavra assusta, mas estou descobrindo que é cada vez mais comum", disse. Ao fazer exames de rotina no final de novembro de 2015, sua ginecologista recomendou que fizesse alguns outros exames por causa de alterações no papanicolau. Um patologista de sua confiança também indicou que ela fizesse a biópsia às pressas.

Em meio a viagens a trabalho entre Rio de Janeiro, São Paulo e Minas Gerais, Jéssica descobriu, por e-mail, um câncer no cólo do útero.

"Há muitos anos eu tive uma lesão na região e a médica não me disse que poderia ser um pré-câncer. Fiz o procedimento e achei que tinha acabado. Eu poderia ter levado aquilo como um divisor de águas para a minha vida, teria encarado diferente", analisa, confessando ter deixado sua saúde um pouco de lado nos últimos anos por causa dos compromissos profissionais.

Ao receber o diagnóstico, a primeira reação da modelo foi não contar a ninguém. De volta ao Sul, para passar o final do ano com a família, a gaúcha manteve o silêncio em um primeiro momento. "Aquilo me consumiu por dentro, perdi o chão. Comecei a rever meus conceitos, rever minha família. Estava completamente amortecida, em estado de choque", disse.

A preocupação fez Jéssica mudar o comportamento, o que a obrigou a contar para a família sobre a doença. "Costumo ser alegre e divertida e eles perceberam. Eu exponho tudo para a família, então por que não expor também os problemas?".

Ao revelar o que a afligia para familiares, amigos e fãs, ela conta que teve uma reação muito mais positiva do que esperava. "Muitas pessoas vieram contar como já tinham passado por isso, alguns com tipo de câncer raro. Percebi que isso não é algo que você tenha que guardar para si quando outros também começaram a se abrir".

Tratamento

Jéssica começou a tratar o câncer logo que recebeu a notícia. Poucos dias antes da virada do ano, passou por um primeiro procedimento e já se prepara para fazer o segundo, que consiste em retirar toda a região do colo do útero.  

Apesar de estar bem, a modelo passou por complicações antes do carnaval e ficou internada nos primeiros dias de folia. "Tive problemas no coração, um tipo de infarto. Passei mal por causa dos remédios do tratamento e não pude desfilar", revela.

O problema a impediu de sair como musa da campeã paulista Império de Casa Verde. A performance na avenida seria sua primeira prova de superação contra a doença.

Futuro

Jéssica afirma que não corre o risco de ficar estéril, mas é possível que sofra abortos espontâneos caso tente engravidar pouco tempo depois do tratamento. Porém ela garante que esse não é um grande problema. "Gostaria de outro filho, uma menina. Mas já sou realizada como mãe, então não tenho essa grande necessidade".

Mesmo assim, ela não descarta planos de um segundo filho, considerando ou não os problemas que uma gravidez possa ter. "Queria um filho de outro casamento, mas não estou nem namorando. E se fosse o caso, provavelmente buscaria uma barriga de aluguel, talvez a minha irmã. Ela tem uma filha linda, que me realiza com uma menina, e já chegamos a conversar sobre isso na brincadeira".

Os problemas de saúde e os tratamentos não desanimam Jéssica. Ela garante que não vai deixar a doença atrapalhar sua carreira e seus planos. "Não vou me afastar de nada. Meus projetos e meu filho [ Gabriel , de 15 anos] me dão força. Se eu parar de trabalhar eu perco tudo. Não vou mudar uma vírgula dos meus projetos”, disse.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.