Tamanho do texto

Escalada para a próxima novela das 18h, atriz se ocupa com projetos paralelos sem deixar de cuidar do filho

Conciliando a carreira de atriz, apresentadora e repórter da Rede Globo, Dani Suzuki  almeja muitos planos na sua vida e já deu início a alguns deles. Em um bate-papo com o iG , a atriz falou sobre novos projetos pessoais e mostrou seu lado espiritual: "Não sigo uma religião, mas na hora do desespero a gente reza 'Ave Maria'".

Dani Suzuki fala ao iG sobre novos projetos, família e religião:
Eduardo Biermann/Revista Contigo!
Dani Suzuki fala ao iG sobre novos projetos, família e religião: "Prefiro minha liberdade"


Com sete novelas e outros sete programas no currículo, Dani se lança na produção do curta-metragem "Pulsos", escrito e dirigido por ela. "É o primeiro filme que eu fiz para valer, com uma equipe de cinema de verdade. Gravamos tudo em quatro dias e cada dia foi uma loucura diferente. Um dos maiores desafios da minha vida.". A produção, que já está finalizada, conta com Joaquim Lopes no elenco. "Vai ser um drama baseado nas escolhas feitas e erros cometidos ao longo da vida. Mas o enredo não é fundado em fatos da minha história", revela.

Sobre "Pulsos", Dani conta animada que Maria Gadú é responsável pela trilha sonora. "Estou muito feliz em trabalhar com ela em um projeto meu. Ela está compondo músicas especialmente para o filme". Em 2010, boatos apontavam para um suposto affair entre as duas: "É um novo capítulo na nossa história (risos), somos melhores amigas", brincou.

Além do curta, Dani Suzuki está empenhada no processo de criação do livro infantil "A Lagartixa Comilona", baseado nas histórias contadas pelo filho Kauai, de 4 anos. "Ele está naquela fase de descobertas, questionando tudo. O livro surgiu de uma conversa nossa sobre a origem das frutas. Ele me conta as histórias e eu faço as ilustrações", disse a apresentadora, que ainda planeja um segundo livro sobre sua vivência em outras culturas.

Dani Suzuki:
Bruno Rangel/Divulgação
Dani Suzuki: "A religião em si é boa, mas para algumas pessoas é uma prisão. Eu prefiro continuar com a minha liberdade"

Atarefada

Escalada no elenco da novela substituta de "Eta Mundo Bom", cuja o início das filmagens está previsto para maio, Dani confessa encontrar dificuldades em levar a rotina. "Quando as gravações começarem o bicho vai pegar. Vou ter que deixar de lado algumas coisas e adiar outras", lamentou.

Com múltiplas funções na TV e acostumada a emendar trabalhos, ela alega ser workaholic e se queixa: "Trabalhar parece até um vício para mim. Mas é muita 'paulera', tenho que ficar presa dentro da Globo e eu gosto de estar sempre em movimento."

Fora do Projac, Suzuki ainda se desdobra para cuidar da vida pessoal. Em um relacionamento recente com o ator Nikolas Antunes , ela conta que a a vida corrida dos dois atrapalha. "Ele está viajando a trabalho e não o vejo há três dias. Não ligo, por que depois sou eu quem vai estar fora também", brincou. "O jeito é namorar pela internet, né. A gente acaba se acostumando."


Religiosidade e trabalho humanitário

Em meio a tanto trabalho, Daniele faz questão de manter o corpo em dia e a mente sã buscando o contato com a natureza. "É muito importante esse contato, é onde eu me renovo e gosto de estar. Na vida que a gente leva hoje, é essencial buscar a paz de espírito". Apesar de não seguir uma religião, a atriz se considera "espiritualizada". "Tive uma criação católica, mas não tenho uma religião. Já pesquisei e estudei bastante sobre outras crenças e as misturo na minha vida. A religião em si é boa, mas para algumas pessoas é uma prisão. Eu prefiro continuar com a minha liberdade", finaliza.

Embaixadora da ONG americana "Waves for Water", Dani Suzuki conta que está trabalhando duro e levando água às vítimas da tragédia em Mariana. "A situação por lá está mais grave do que parece. A mídia tem abafado muita coisa", lamentou. "Sempre fiz projetos sociais. Luto por causas humanitárias desde antes do meu primeiro papel na TV em 2000".

Querendo aliar a vontade de ajudar o próximo com o sonho de trabalhar com crianças, a atriz revela seu grande desejo: "Meu sonho é abrir uma escola voltada à a arte e aos esportes para crianças carentes. Acredito muito em uma educação de valores porque são a base de tudo. Vejo as crianças como a resposta que precisamos para um mundo melhor".

Reprodução
"É muito importante o contato com a natureza", diz Dani Suzuki


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.