Tamanho do texto

Cantora gospel afirma que teve seu estado emocional abalado após o reality: "Agressão psicológica"

Após a controversa participação em "A Fazenda", Mara Maravilha foi interditada e desapareceu da grade da Record. Na segunda-feira (11), no entanto, a cantora gospel reapareceu na TV como convidada de Sonia Abrão , no programa "A Tarde É Sua", na RedeTV!.

Mara Maravilha
Reprodução
Mara Maravilha


Com um vestido justo amarelo e magérrima, Mara disse que o reality foi uma experiência traumática que mexeu com sua cabeça. "Roubaram minhas fotos, destruíram roupa minha, queimaram, jogaram no lixo, danificaram. Isso é agressão psicológica", desabafou.

Ela ainda contou a Sonia que tem sonhos assustadores com sua temporada no reality e acorda, no meio da noite, assutada. "Até hoje tenho pesadelo. Não estou exagerando, não. Pensei que seria mais forte para superar tudo isso."

Mara continua e diz que "viveu momentos horríveis, péssimos." Mas quando questionada se participaria novamente de um reality, ela muda o tom da conversa e volta atrás. "Não posso dizer que dessa água não beberei." A ex-Fazenda ainda revela que recebeu orientação da produção para polemizar. "Quem tem juízo obedece. Disseram que não queriam a 'Mara fanática, da igreja'. Fiz o que me pediram." A segunda parte da entrevista vai ao ar nesta terça-feira (12).






    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.