Tamanho do texto

Procurada, a assessoria da emissora confirmou que o SBT recorrerá da decisão

Nesta segunda-feira (07), o SBT foi condenado pela 5ª Vara da Fazenda Pública a pagar uma multa de R$ 700 mil por danos morais. O processo, que se arrasta desde 2013, diz respeito à veiculação de merchandising infantil durante a transmissão da novela "Carrossel".

Gabriela Rivero entre os atores Larissa Manoela, a Maria Joaquina, e Jean Paulo Santos, o Cirilo, da versão brasileira de
Lourival Ribeiro/SBT
Gabriela Rivero entre os atores Larissa Manoela, a Maria Joaquina, e Jean Paulo Santos, o Cirilo, da versão brasileira de "Carrossel"

A ação foi movida pelo Procon de São Paulo, que alegou publicidade indireta nos conteúdos exibidos pela emissora entre maio e agosto de 2012.  Procurada, a assessoria do canal se limitou a dizer que o SBT irá recorrer da decisão.  

O caso não é a primeira polêmica da emissora envolvendo publicidade e crianças. Em 2011, o SBT foi multado em R$ 1 milhão após ser comprovada a veiculação de publicidade indireta nos programas infantis "Carrossel Animado", "Bom Dia & Cia", "Sábado Animado" e "Domingo Animado". 

Relembre outras multas milionárias na TV: