Tamanho do texto

Cantor pagou uma quantia e deve pagar outra dentro de uma semana. "A prisão está suspensa", disse advogado ao iG

Depois de ser acusado de não pagar a pensão alimentícia da filha Valentina , de dois anos e oito meses, Latino recebeu um mandato de prisão e poderia ser preso a qualquer momento. Entretanto, em conversa com o iG , Fernando Abrahão, advogado de  Gláucia Roberta Deneno , mãe da criança, confirmou que a prisão do cantor foi suspensa nesta quinta-feira (10). 

Prisão de Latino está suspensa
Raphael Castello e Léo Franco/AgNews
Prisão de Latino está suspensa


"Nós fizemos um acordo hoje, e a prisão está suspensa até dia 18, quando ele tem que pagar uma segunda parcela de uma quantia", contou o advogado. Ainda, segundo ele, caso Latino não pague essa quantia até a data combinada, sairá outro mandato de prisão.

O advogado já havia falado com o iG na tarde de quarta-feira (9) e afirmou que Latino poderia ser preso a qualquer momento . "Estamos agindo de acordo com a lei. Decisão judicial não se discute, se cumpre. Ele pode ser preso a qualquer minuto.", contou Fernando. 

Gláucia Roberta Deneno, mãe de Valentina, de dois anos e oito meses
Reprodução
Gláucia Roberta Deneno, mãe de Valentina, de dois anos e oito meses


De um ano pra cá, Latino pagou uma pequena parte da quantia que devia: R$ 30 mil dos R$ 170 mil. O cantor ainda deve R$ 350 mil referente à prisão atrasada desde o nascimento de Valentina.

A assessoria de imprensa de Latino informou que não vai comentar o caso porque o processo corre em segredo de Justiça.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.