Tamanho do texto

Cantor fez um desabafo sobre a crise política e recebeu o apoio do ator Malvino Salvador

Enrolado na bandeira do Brasil, Fábio Jr.  soltou o verbo para o público presente em seu show no Brazilian Day, em Nova York, no domingo (6). Em vídeo compatilhado pelo ator Malvino Salvador no Instagram, o cantor fez um desabafo sobre a crise política que atinge o País, protestou contra a corrupção e disse que sente "vergonha alheia de ver nossos governantes roubando, metendo a mão". Diante da manifestação, Malvino bateu palmas para Fábio e refletiu: "Parabéns ao Fábio Jr. A classe artística brasileira é covarde ou conivente".

Em outro trecho da apresentação, publicado na internet por um fã, Fábio foi além e atacou a presidente. "Dilma, Lula, Zé Dirceu, PMDB, vocês não tem mais o que fazer, não, porra?". Em seguida, o público começou a gritar "Ei, Dilma, vai tomar no cu" e o cantor posicionou o microfone para que todos ouvissem os gritos de protesto. 




    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.