Tamanho do texto

Repórter gravava uma externa para humorístico quando duas pessoas foram baleadas e mortas

A modelo e repórter Mariana Gonzalez , conhecida como Mari Baianinha, passou por um apuro na tarde de sexta-feira (4), durante uma externa do programa “Pânico na Band”, no centro de São Paulo. Enquanto gravava o quadro  "Laura Müller do Povo", Mariana e equipe ouviram gritos e foram alertados para deixar o local às pressas.

Mari Baianinha
André Giorgi
Mari Baianinha


Um homem fez uma mulher de refém na escadaria da Sé e houve tiroteio na tentativa de resgatar a vítima.

Duas pessoas foram mortas no episódio, segundo informa a Polícia Militar. Mariana e a produção do humorístico saíram ilesos, mas o susto foi grande. No Instagram, Mari traquilizou os fãs e agredeceu as mensagens de apoio. Assista ao vídeo:


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.