Tamanho do texto

Ator e comediante fala sobre "Babilônia", polêmica com humorista do "Pânico" e estreia no cinema com seu primeiro papel mais sério, o pastor Alex

Apesar dos números de audiência abaixo do esperado e das muitas críticas negativas que a novela "Babilônia" teve,  Marcos Veras não tem do que reclamar da sua primeira experiência no horário nobre da Globo. O ator teve um bom desempenho na trama e recebeu muitos elogios ao viver o personagem Norberto.

Marcos Veras fez Norberto em
Divulgação
Marcos Veras fez Norberto em "Babilônia"


"Foi minha primeira novela. Foi meu primeiro contato com esse universo, foi incrível, recebi boas críticas, o nosso núcleo cresceu bastante. Teve muito carinho das pessoas nas ruas, nas redes sociais, o pessoal aprovou. Para mim foi excelente", disse Veras em entrevista ao iG .

Segundo ele, a questão de audiência ou as críticas não influenciaram em nada o desempenho do elenco nas gravações, sem interferir no trabalho. Muito pelo contrário. Marcos Veras admitiu que os outros atores, principalmente os mais antigos, destacaram a qualidade e união de todos que participaram da novela.

"O elenco era muito unido. E isso vindo de pessoas que fazem novela há mais de 20 anos, como Gloria Pires, Adriana Esteves. Foi especial. Os bastidores eram maravilhosos. Marcos Palmeira também disse que era um pessoal especial. Novela é um evento, está todo mundo de olho, gente que opina, que critica. E isso é super legítimo e só prova que é o principal entretenimento da família brasileira", comentou.

Na telona

Conhecido pelos seus trabalhos quase sempre voltados para o humor, Marcos Veras viverá o primeiro papel mais sério da sua carreira. No filme "Entrando Numa Roubada", que estreia nesta semana nos cinemas brasileiros, o personagem do ator será o grande vilão do enredo.

"É um filme de ação com algumas tiradas de humor. Faço um personagem sério, sou o vilão da história, o canalha da história, o pastor Alex. E no meu personagem não tem nada de humor. Para o grande público é primeira coisa mais séria que vou aparecer. Mas é bacana, como artista a gente precisa sempre tentar se inverter", disse Veras.

Confira o teaser de "Entrando Numa Roubada" focado no pastor Alex:


Polêmica no "Pânico"

Recentemente, um personagem vivido por  Eduardo Sterblitch no programa "Pânico da Band" causou bastante polêmica. "O Africano" foi considerado ofensivo e até certo ponto racista , fazendo Sterblitch sofrer de depressão. Edu teria, inclusive, se afastado da atração e cancelando alguns shows pelo interior de São Paulo. Marcos Veras comentou o episódio.

"Esse caso eu acompanhei mais através de amigos, não assisti. Adoro o Edu, acho um
excelente comediante. De uma forma geral, quem faz comédia está com a cara para bater, a gente erra também. Fazer humor é sempre um risco, não conseguimos agradar 100% as pessoas, humorista tem que ter filtro e não somos donos da razão", disse o ator da Globo.

Quem faz humor está à beira do abismo sempre, prestes a cair"

Marcos Veras contou que também já desagradou algumas pessoas com um piada que fez no programa "Encontro com Fátima Bernardes", onde é um dos apresentadores. "Aconteceu de eu fazer piada com profissional de educação física e esses profissionais se sentiram ofendido. Levei super na boa, não cheguei a pedir desculpas, mas depois paguei algumas flexões como castigo, pulei corda, tudo na brincadeira. Quem faz humor está à beira do abismo sempre, prestes a cair", comentou.

Profissional multimídia

Apresentador do "Encontro", ator de novela, teatro, cinema e internet, e também com um programa na rádio Nativa FM, do Rio de Janeiro, Marcos Veras disse que adora trabalhar. Além disso, ele reestreia nos próximos dias o sétimo ano do seu stand up "Falando a Veras", que fará uma curta temporada na capital fluminense.

Norberto e Clóvis em
Reprodução/TV Globo e Instagram
Norberto e Clóvis em "Babilônia"

E como ele dá conta de tudo isso? "Cansado a gente sempre fica, mas o trabalho dá tanto prazer que acaba sendo divertido. Sou um cara disciplinado, tento organizar tudo, não durmo muito, até gostaria de dormir mais. Mas gosto de trabalhar, de gravar, de criar, isso me dá prazer", comentou Veras, que também tem seus momentos de descanso.

"Amo ficar em casa, faço programas caseiros", disse o ator, que é casado com a atriz Julia Rabello. Ela faz parte do elenco do consagrado "Porta dos Fundos", canal do Youtube no qual Marcos Veras fez parte até pouco tempo.

"Sempre fui da Globo, mas como o Porta foi para uma emissora de TV (no caso, a Fox), teve um conflito contratual. Então tive que sair. Talvez eu participe do filme do Porta dos Fundos, que deve sair em breve", finalizou Marcos Veras.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.