Tamanho do texto

Lustre de cristal avaliado em aproximadamente R$ 18 mil e uma mesa com cadeiras de R$ 10 mil foram levados para leilão

O cantor Belo e a sua mulher Gracyanne Barbosa receberam uma notícia não muito agradável nesta quinta-feira (30). O casal teve alguns dos seus bens penhorados por conta de uma dívida de R$ 18 mil com uma loja de decoração, de acordo com processo da 7ª Vara Cível da Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro.

+ E mais:  Gracyanne e Belo negam dívidas com decoração e estudam abrir processo

Segundo as informações do jornal Extra, um lustre de cristal avaliado em aproximadamente R$ 18 mil e uma mesa com cadeiras avaliada em R$ 10 mil foram levados para leilão. "Já entramos em contato com a área jurídica da loja e vamos tentar acordar um valor baseado no que a lei determina", disse Ivo Peralta, advogado do casal, à publicação.


Em 2010, Belo e Gracyanne contrataram o serviço da decoradora e arquiteta Graça Arantes para realizar uma reforma na casa em que moram, na Zona Oesta do Rio, e pagaram com cheques sem fundos. O total dos serviços na época foi avaliado em R$ 220 mil, e a profissional ainda não teria recebido todo valor.

Por meio da assessoria de imprensa, os dois negaram qualquer dívida ou pendência. "O casal desconhece qualquer dívida de fornecedor que tenha atendido ao projeto inicial de decoração de sua atual residência. Tendo em vista que houve um distrato comercial com a decoradora responsável pelo projeto executado em 2010, o qual foi totalmente quitado por acordo conduzido pelos advogados das partes envolvidas em 2012", afirma a nota.

A assessoria também diz que eles já fizeram todos os pagamentos referentes à reforma. "[Gracyanne e Belo] Também deixam claro que todos os pagamentos foram feitos diretamente a decoradora responsável e nunca a nenhum fornecedor ou prestador de serviço".