Tamanho do texto

Ideia do cantor era apoiar campanha contra o racismo, mas o gesto foi mal interpretado pelos internautas

Michel Teló pintou o rosto de preto em campanha contra o racismo e criou polêmica
Instagram
Michel Teló pintou o rosto de preto em campanha contra o racismo e criou polêmica

Michel Teló recebeu diversas críticas na internet após postar no Instagram uma foto com o rosto parcialmente pintado de preto em uma campanha contra o preconceito. O cantor foi acusado pelos internautas de praticar racismo e, logo depois, apagou a imagem das redes sociais.

O gesto foi mal interpretado, já que os seguidores de Teló entenderam que o sertanejo fez um blackface, prática teatral em que os atores pintavam o rosto para interpretar papéis de negros. Essa prática era popular nos Estados Unidos no século 19.

A atitude ridicularizava os negros e é apontada como uma forma de racismo, tanto que Michel Teló voltou ao Instagram para se desculpar.

Confira o texto publicado :

"Gostaria de me desculpar pelo ocorrido com a foto postada ontem em meu Instagram. Foi um infeliz mal entendido. A ideia, a causa e a intenção eu mantenho aqui, por que foram de coração.

Sou contra todo e qualquer tipo de preconceito, seja racial, sexual, social e religioso.

Sempre demonstrei meu carinho e meu respeito às pessoas e suas escolhas. No anseio de me expressar contra o racismo, um assunto infelizmente ainda tão presente nas nossas vidas, acabei me envolvendo em uma corrente do Instagram, fazendo uma foto que, prá mim, era sinônimo de igualdade.

Acredito que alguns conheçam o “black face”, mas acredito também que a maioria, assim como eu, não tinha conhecimento.

Enfim, gostaria de deixar registrado meu pedido de desculpas a todos por esse grande mal-entendido.

DIGA NÃO AO PRECONCEITO. DIGA SIM A IGUALDADE. DIGA SIM A PAZ. DIGA SIM AO AMOR. #SóTemosHojeParaAmar #SóTemosAgora #Respeito"

*Com informações do "O Dia"