Tamanho do texto

Cantor, que morreu em acidente de carro nesta madrugada, conversou com a coluna iG Sertanejo pouco depois de saber que seria pai pela segunda vez

Cristiano Araújo ao lado dos filhos
Reprodução/Instagram
Cristiano Araújo ao lado dos filhos

Cristiano Araújo e a namorada Allana Coelho morream em um acidente de carro  nesta madrugada (24), em Goiás. O carro que levava o casal, o segurança e um empresário capotou na estrada depois de sair de Itumbiara, a 200km da capital Goiânia. Allana morreu no local e Cristiano ainda foi socorrido, mas não resistiu aos ferimentos. 

Leia também:  Famosos prestam homenagem a Cristiano Araújo: "Você fará muita falta, irmão"

Cristiano deixou dois filhos: João Gabriel, de seis anos, e Bernardo, de dois. Ele conversou com Marília Neves, da coluna iG Sertanejo ao final de 2012, depois de descobrir que seria pai pela segunda vez. O cantor lamentou o tempo distante dos filhos. 

O sertanejo acreditava que, com a correria da vida artística, não dá para ser um bom pai. “É impossível. O único pesar da minha vida hoje, a única hora que fico baqueado, é em relação ao meu filho, João Gabriel. Mas não tem jeito. É uma carreira que a gente tem que ter responsabilidade e que vai fazer bem pra ele também. Ele vai ter um futuro bacana, vai poder estudar em uma boa escola, graças a meu trabalho que está sendo bem sucedido. Sei que é um preço alto que pago, mas quem sabe daqui um tempo a gente dá uma diminuída nos shows e começa a curtir um ao outro”, afirmou Cristiano.

Veja também:  As mortes mais trágicas do show biz

Ele ainda brincou e comentou que, se um dia conseguisse diminuir a agenda, levaria todos os filhos para morar com ele, se inspirando na história de um famoso MC, conhecido por ter várias mulheres e filhos. “Vou diminuir o número de shows e passar um pouco mais tempo com ele, nem que ele venha morar comigo. Ele, meus filhos todos. Vou fazer igual ao Catra (risos). Se eu ficar milionário um dia, tenho coragem”.

Os filhos de Cristiano eram de relacionamentos antigos. Ele namorava no momento Allana, que também morreu no acidente, e fazia planos de casar com a jovem de 19 anos. 


Perfil de Cristiano Araújo

O cantor sertanejo iniciou sua carreira logo cedo, aos 10 anos. O cantor ficou famoso em
2011 com a música “Efeitos”, que tinha a participação de Jorge e Matheus e Gusttavo Lima e lhe rendeu a gravação de um CD e DVD de mesmo nome.

Em 2012, ele lançou o segundo álbum “Ao vivo em Goiânia”, com parcerias de Bruno e Marrone e Fernando e Sorocaba, entre outros sertanejos. O sucesso mais recente do cantor foi a música “Hoje eu tô terrível”, lançada em 2015.

Em 2012, Cristiano foi detido pela polícia em Goiânia. O sertanejo dava uma festa em casa, um condomínio horizontal de luxo da região sul da capital de Goiás, o excesso de barulho incomodou os vizinhos. Depois de avisos, o volume seguiu alto e polícia foi acionada. Cristiano deixou a delegacia depois de pagar fiança. 

Relembre Cristiano Araújo cantando "Hoje eu tô terrível", um dos maiores sucessos do cantor:


O acidente

Cristiano voltava de um show em Itumbiara, a 200 km de Goiânia, quando o carro em que ele estava capotou. O cantor e a namorada estavam no banco de trás do veículo. Allana morreu no local e Cristiano chegou a ser socorrido e levado de helicóptero a um hospital em Goiânia, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no caminho. No carro ainda estavam o empresário Victor Leonardo e o segurança Ronaldo Ribeiro, que dirigia o veículo. Eles usavam cinto de segurança, tiveram ferimentos leves e passam bem. 

A assessoria de imprensa do cantor informou que o velório será realizado no Ginásio Goiânia Arena, na capital. O horário ainda não foi definido, pois depende da liberação do corpo do sertanejo.