Tamanho do texto

Após estresse momentâneo no programa, apresentadora descobre que nota sobre sua demissão do humorística foi divulgada por profissional que cuida de Mari Baianinha


O estresse entre Nicole Bahls e Mari Baiainha pode acabar em processo. De acordo com o assessor de Nicole, a apresentadora nunca deixou o “Pânico na Band”. “Na verdade, acabamos de ficar sabendo que quem enviou essa nota para a imprensa foi o assessor da Mari. Ele mandou falando que ela não estava mais, que tinha checado com o diretor do programa. Então, quem demitiu a Nicole foi a assessoria de imprensa da Baianinha. Nossa assessoria jurídica já está tomando as providências cabíveis”, comentou o assessor de Nicole, que disse ainda não saber se um processo será aberto contra o profissional que cuida da panicat.

Curta a fanpage do iG Gente no Facebook e receba as últimas notícias nos famosos

O assessor de Nicole confirmou também que houve, sim, um atrito entre elas. “Durante o programa mesmo, ao vivo (houve o atrito). Mas ela não vai sair, não. Domingo ela entra ao vivo. Até porque ela tem contrato por mais um ano com o programa”, afirmou.

Já sobre o desabafo de Nicole nas redes sociais afirmando que havia “encerrado um ciclo”, o assessor declarou que “foi uma coisa de momento”.

Em conversa com o iG, Danilo Carvalho , assessor de Mari Baianinha, se defendeu e afirmou que ele não foi o responsável pela divulgação de tal informação. “A agência que fez a divulgação não nos representa. Esse pessoal que plantou essa informação é de um portal sem expressão que tentou usar o nome da Mari e da Nicole para trazer visibilidade para eles. São irresponsáveis”.

Nicole e Baianinha teriam se desentendido após o apresentador Emílio Surita afirmar que Mari seria sua substituta na atração enquanto ele trocava de figurino, indo contra todos os pedidos da audiência, que queriam ver Nicole no posto.