Tamanho do texto

Presente no Grande Prêmio do Cinema Brasileiro como uma das indicadas a melhor atriz, Ísis Valverde comentou que foi recusada no início da escolha de elenco de "Faroeste Caboclo"

Ísis Valverde no Grande Prêmio do Cinema Brasileiro
Alex Palarea/Felipe Assumpção/Léo Marinho/AgNews
Ísis Valverde no Grande Prêmio do Cinema Brasileiro

Indicada a melhor atriz no Grande Prêmio do Cinema Brasileiro, realizado na noite de terça-feira, no Rio, Ísis Valverde compareceu à festa e comentou que pretende voltar a filmar apenas em 2015. No ar em "Boogie Oogie", ela diz ser impossível fazer novela e cinema ao mesmo tempo, pois trama de TV exige muito do ator.

Os planos para o cinema são retomados aos poucos depois que Ísis se viu obrigada a abrir mão de projetos que já estavam encaminhados. "Eu ia fazer três longas, mas me acidentei e tive de abrir mão de tantos projetos bacanas. Fiquei bem chateada, mas o bom é que estou aqui agora e ainda vou fazer outros filmes. Que bom que fiquei", afirmou ela, que sofreu um grave acidente de carro em janeiro deste ano.

Premiação

No Prêmio do Cinema Brasileiro, Ísis foi indicada a melhor atriz por sua atuação como Maria Lúcia no filme "Faroeste Caboclo", o grande vencedor da noite. Mas sua escolha para fazer o longa não foi certeira no início.

"Me lembro que eles não me queriam, de início, porque eu era um rosto conhecido. Foi uma guerra minha. Meti a cara e fiz o teste", contou ela, que ganhou o papel dentre várias atrizes.

"Depois, tive a chance de conhecer a história de Renato (Russo) a fundo e foi mágico e doloroso. Ela é uma personagem muito doída de fazer. Me lembro que terminei as gravações chorando, emocionada com a equipe".

Vício

Assídua no Instagram, postando frases de incentivo e auto-ajuda entre fotos suas em diversos momentos, Ísis Valverde admitiu não conseguir ficar longe da rede social. "Sou completamente viciada, é uma loucura (risos). É meu único meio de interação com os fãs. Eu trabalho e me divirto, dou muita risada".

Veja as fotos do Prêmio do Cinema Brasileiro:


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.