Tamanho do texto

Modelo fala de maternidade e relação com a moda. Maria Fernanda Cândido, também presente no evento, não concedeu entrevistas por estar com cólica renal

Mulheres fortes, mas sem perder a delicadeza. Foi assim que Isabella Fiorentino e Maria Fernanda Cândido se definiram, ao participar na manhã desta terça-feira (27) de um bate-papo sobre cuidados com roupas e a feminilidade, em São Paulo. “A força da mulher está em não perder a energia e nem a delicadeza, o que não quer dizer que ela é fraca”, opinou a modelo e apresentadora do “Esquadrão da Moda”, que fez questão de elogiar a atriz, que estava cumprindo sua presença no evento, apesar de estar com cólicas renais. “Mesmo assim você está aqui, firme”, declarou.

Curta a fanpage do iG Gente no Facebook e receba notícias dos famosos

Isabella falou ainda de sua relação com a moda, que vai além de gostar de se vestir bem. Tanto que os primeiros macacões usados por seus filhos trigêmeos, Bernardo , Lorenzo e Nicolas , de dois anos, foram guardados de uma maneira especial. “Sou alucinada por roupas desde pequena, sempre tive um apego com as minhas. Quando meus filhos usaram sua primeira roupinha, foi um momento único, pois eles haviam ficado internados após nascerem. Enquadrei as três roupinhas e as guardarei para sempre”, contou.

Aliás, com três crianças em casa, Isabella descarta a possibilidade de ser mãe novamente, pelo menos por enquanto. “Dá muito trabalho, não só braçal, mas emocional. Eu tenho muita vontade de ter uma menina, mas hoje está fora de cogitação. Quero ser uma excelente mãe, estar muito presente. E vai que de repente eu engravido de gêmeos? Porque eu posso, tem na minha família. Trigêmeos é raro, mas gêmeos é possível. Imagina cinco crianças? (risos) Se vierem, claro que ficarei feliz, mas conscientemente eu não teria agora”, explicou.

Com o programa no ar e diversos compromissos profissinais, a modelo garantiu que faz de tudo para estar sempre com os filhos. “Evito fazer trabalhos fora de São Paulo, faço um evento ou outro. Mas declino muita coisa. Para acompanhar tudo dos meus filhos. Dou café da manhã todo dia, os coloco para dormir toda noite, dou almoço, troco a fralda. Quero participar de tudo, inclusive das coisas chatas!”, brincou.

Maria Fernanda Cândido, por conta das cólicas renais, foi embora assim que o evento terminou e não concedeu entrevistas.