Tamanho do texto

Atores participaram do tradicional espetáculo bíblico, em Pernambuco

Carol Castro , Marcos Pasquim e Carlos Casagrande arrancaram suspiros e emocionaram a plateia que assistia o espetáculo “Paixão de Cristo”, em Nova Jerusalém (PE). Os atores encenaram a tradicional peça bíblica nessa quinta-feira (21) e foram aplaudidos de pé.

Curta a fanpage do iG Gente e acompanhe todas as novidades dos famosos

Durante mais de duas horas de encenação, a peça emocionou a plateia pernambucana. A história, que já foi contada por diferentes atores, diretores e figurantes, chega em sua 46ª edição cheia de novidades, tanto em relação aos figurinos, ainda mais produzidos, quanto aos efeitos especiais e cenográficos.

”Eu já participei de três espetáculos da Paixão de Cristo pelo Brasil afora, mas nunca tinha vivido uma experiência como esta, num lugar que é considerado o maior teatro ao ar livre do mundo”, disse Carlos Casagrande, que faz Poncio Pilatos. "Já tinha sido convidado por três anos, até mesmo para viver o papel principal de Cristo, mas, por conta de agenda, sempre tive que adiar. Hoje, graças a Deus, posso me orgulhar de participar desse espetáculo e quero ter o prazer de voltar outras tantas vezes", completou ele .

O ator diz que não percebeu a euforia da plateia feminina quando aparece em cena.“Teve grito? Eu estava tão concentrado que nem escutei. Mas acho que a minha posição em cena no palco também dificulta.”

Já para Carol Castro, que interpreta Maria Madalena, a personagem é um divisor de águas em sua carreira. "O meu papel é curto, já entro em cena do meio para o fim do espetáculo. Fiquei apenas ouvindo as falas dos personagens e me emocionando, imaginando tudo que estava acontecendo. Quando entrei em cena e vi o grande público, quase fui às lágrimas", contou ela.

A atriz revelou que a maior dificuldade do papel foram as gravações das falas. "Comecei a gravar o áudio em janeiro, num estúdio pequeno no Rio de Janeiro, e foi muito difícil porque não tem ninguém para interagir com você, não tem essa atmosfera do lugar e a personagem Madalena é polêmica. Para colocar emoção nessa situação e nem sair do que está ali no papel, é bem difícil, esse sem dúvida foi o maior desafio de minha carreira."

"Já fiz peças de teatro ao ar livre, mas nunca com esta magnitude”, disse Marcos Pasquim, que interpreta Herodes.